Mensagem de Natal de 1999

0

A Frente Universitária Lepanto
deseja à todos os seus visitantes,
um Santo Natal
e um Ano Novo repleto de realizações.

Lux in tenebris lucet” (S. João 1,5): foi com estas palavras que o Discípulo amado anunciou, para seu tempo e para os séculos vindouros, o grande acontecimento que celebramos neste mês. Fórmula sintética, sem dúvida, mas que exprime o conteúdo inexaurivelmente rico, do grande fato: havia trevas por toda parte, e na obscuridade dessas trevas se acendeu a Luz.

Qual a razão destas metáforas? Por que luz? Por que trevas? Os comentadores são unânimes em afirmar que as trevas que cobriam a terra quando o Salvador nasceu eram a idolatria dos gentios, o ceticismo dos filósofos, a cegueira dos judeus, a dureza dos ricos, a rebeldia e o ócio dos pobres, a crueldade dos soberanos, a ganância dos homens de negócio, a injustiça das leis, a conformação defeituosa do Estado e da sociedade, a sujeição do mundo inteiro à prepotência de Roma. Foi na mais profunda escuridão dessas trevas que Jesus Cristo apareceu como uma luz.

Qual a missão da luz? Evidentemente, dissipar as trevas. De fato, aos poucos, foram elas cedendo. E, na ordem das realidades visíveis, a vitória da luz consistiu na instauração da Civilização Cristã que, ao tempo de sua integridade, foi, embora com as falhas inerentes ao que é humano, autêntico Reino de Cristo na terra.”

(Plinio Corrêa de Oliveira)

*   *   *

Passados 2000 anos do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, como se parecem os tristes dias que estamos vivendo com as trevas que antecederam a vinda à terra do Verbo de Deus encarnado! Por toda parte, o que vemos hoje são trevas. A Humanidade parece mais do que nunca esquecida de Deus, de sua Lei, de sua Igreja. Mas em meio às trevas contemporâneas os espíritos argutos – e sobretudo os espíritos de Fé – já podem vislumbrar, para além dos castigos e provações previstos por Nossa Senhora em Fátima, uma nova aurora que se aproxima… É o triunfo do Imaculado Coração de Maria, igualmente anunciado em Fátima, o qual trará consigo a plenitude da Civilização Cristã, ainda muito mais esplendorosa do que no passado, porque adornada pela Mediação Universal de Maria Santíssima.

Nessa esperança e nessa certeza, a Frente Universitária Lepanto pede ao Menino Jesus e a Nossa Senhora que concedam a todos e a cada um de seus amigos uma larga e generosa participação nas graças e alegrias do Santo Natal e nas esperanças do Ano Novo.

Mensagem enviada,
à todos os inscritos em nosso site,
no Natal de 1999

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.