A realidade, aos olhos de quem não quer ver, torna-se deturpação

2

Objeção: “Fiquei totalmente apreensivo em saber que, em pleno final de século XX, ainda possam existir correntes de pensamentocom idéias tão reacionárias, e que se utilizam da deturpação de fatos para divulgar seus pensamentos. O pior: sou católico, e isso não me faz achar que o aborto seja tão abominável assim (…) Além dessa questão, li as críticas em relação a Fidel, e me senti indignado. (…) Em relação a mortes, gostaria de lembrar, que a nossa Igreja, sob título de caçassão de bruxas, também matou e torturou milhares de pessoas na “Santa Inquisição”. (…) Só a título de curiosidade: a Igreja já defendeu Hitller.”

Recebido em 17/12/98

Sou estudante da Unb e recebi o Post Modernidade, no dia 16/12, na própria UnB. Como não sabia do que se tratava, li com muita atenção.

Fiquei totalmente apreensivo em saber que, em pleno final de século XX, ainda possam existir correntes de pensamento com idéias tão reacionárias, e que se utilizam da deturpação de fatos para divulgar seus pensamentos.

O pior: sou católico, e isso não me faz achar que o aborto seja tão abominável assim (sob a forma que é exemplificado no texto, sim, é abominável). Além da questão da irresponsabilidade de se por uma criança no mundo para passar a viver em condições sub-humanas, devemos nos atentar para a realidade. E qual é essa realidade? O que ocorre de fato, é que milhares de mulheres morrem, ou ficam estéreis para o resto de suas vidas,a cada ano, praticando abortos em “açogueiros” . Fica claro então, que a posição de uma Igreja que luta pelo bem de seus fiéis, talvez não seja nem defender o aborto,por questões doutrinais, mas sim fazer campanhas claras de uso da camisinha, para, além de evitar a concepção indesejada, previnir contra o HIv, hoje, sem dúvida o maior inimigo da humanidade.

Além dessa questão, li as críticas em relação a Fidel, e me senti indignado. Todos sabemos da situação difícil vivida pelos cubanos. Não pelos fatos descritos no Post Modernidade, que se tratam de fatos falsos, relatados por pessoas que desejam acabar com o único lugar do planeta, onde realmente as pessoas são donas de seu território, sem serem subjugadas a interesses de outros países. A situação de miséria vivida hoje por Cuba é claramente fruto do imoral embargo econômico feito àquela ilha, pelo governo americano. E que moral tem um governo desse, que, envolvido em um escândalo sexual, mente à justiça de seu país, é ameaçado de impeachment, e para desviar a atenção do país, bombardeia o bode espiatóripo da vez, o Iraque. Isso tudo, nas vésperas de um primeiro julgamento. É bom lembrarmos, que nosso Sumo Pontíficie condenou o ataque. É esse governo que acha que pode e deve definir a vida de outros países.

Em relação a mortes, gostaria de lembrar, que a nossa Igreja, sob título de caçassão de bruxas, também matou e torturou milhares de pessoas na “Santa Inquisição”.

Se quisermos melhorar a situação do mundo, e levarmos as pessoas ao encontro da Virgem Maria e de Deus, devemos nos unir para acabar com todas essas distorções existentes, e não ficarmos distorcendo a realidade.

Só a título de curiosidade: a Igreja já defendeu Hitller.

Sem mais para o momento, espero que as pessoas ao invéz de ficarem deturpando a realidade, encare os fatos com uma concepção mais verdadeira.

R. J. – UnB – Brasília

* Resposta

Respondido em 18/12/98

Caro R.,

Antes de mais nada, quero agradecer seu e-mail. Mesmo que você seja oposto a nós, pelo menos leu aquilo que nós temos a dizer.

A Frente Universitária Lepanto busca exatamente isso, ou seja, levar aos demais universitários algumas informações as quais eles raramente têm acesso. Sobretudo, porque a imprensa não é muito formativa…

De seu e-mail, fiquei com a impressão de que você é um católico só em parte, pois acha que a Igreja nunca meditou nos argumentos que você da.

O Papa e os Bispos conhecem – muito melhor do que você – as condições do Brasil e mesmo assim mantém a doutrina contra o aborto. Pode me dar alguma cifra séria sobre o número de mulheres que morrem praticando abortos clandestinos? Mas séria, não “chute” jornalístico. Segundo os jornais, chegam a morrer 400.000 mulheres por ano abortando no Brasil. Ora, o número total de mortos, por ano, é de 600.000, dos quais a metade é constituída de homens. O que significa que todas as mulheres de 0 a 100 anos morrem praticando o aborto, e alguns homens também… Isso, segundo os jornais!

Com relação a Fidel Castro, lembro a você que ele perseguiu a Igreja em Cuba, expulsou sacerdotes, Bispos e freiras. Ou seja, irmãos seus na Fé. Onde está sua indignação? Além disso, como justificar que em um país “tão maravilhoso” a população queira fugir, fato reconhecido pelo próprio Fidel quando saíram 100.000 cubanos pelo porto de Mariel nos anos 80? Quanto ao embargo, Cuba tem muitos países comunistas com os quais comerciarlizar, por exemplo, China, Vietnã, etc. Sem contar os não comunistas, como o Brasil. Nesse caso, o embargo Americano é uma excusa para o fracasso colossal da economia comunista.

Sobre os fatos narrados por Armando Valladares, lembro que são autênticos e reconhecidos pela ONU. Qualquer dúvida, pode escrever diretamente para o ex-preso político de Fidel Castro: [email protected]

Quanto a distorcer a realidade, julgue você: 1) A encíclica “Mitt Brenender Sorge” do Papa Pio XI condenou o Nazismo antes da segunda guerra mundial, ou seja, no seu auge. 2) Numerosos católicos morreram mártires do Nazismo e estão sendo beatificados por João Paulo II. Por exemplo, Edith Stein, Maximiliano Kolbe e Titus Brandsma. 3) Existem numerosos relatos de judeus salvos por padres e freiras católicos, alguns até foram condecorados por Israel.

Sem embargo, você afirma: “A Igreja já defendeu Hitler”. Pode nos indicar de onde você tira isso? Ou você, que se diz católico, não verifica a autenticidade das acusações contra a Igreja, antes de atacá-la? Quem distorce a realidade?

Como já está muito longa a resposta, se você me responder a essas colocações, ainda podemos discutir sobre os demais temas.

Atenciosamente,
Frederico Viotti
Frente Universitária Lepanto

2 COMENTÁRIOS

  1. Não conhecia o Lepanto ainda, mas percebi que são conservadores em vários pontos. Acho realmente que seja necessário desenvolver debates…

  2. Muito boa resposta do senhor Frederico Viotti as acusações sem fundamento nenhum do estudante da UnB. Hoje em dia as instituições enchem de minhoca a cabeça desses alunos que passam a acreditar em tudo que se houve. Não existe mais uma formação boa e católica e as pessoas tomam por verdadeiro coisas absurdas e opostas a doutrina da Igreja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.