Congresso internacional defendeu as cruzadas

1

International Festival of Medieval Tradition and Culture, BielorusiaTeve lugar em Roma, em 2006, a Convenção Cruzadas entre mito e realidade, com a presença de eminentes especialistas europeus.

Segundo o professor Roberto de Mattei, vice-presidente do Centro Nazionale delle Ricerche (CNR), a verdade histórica desfaz as “lendas negras” sobre as cruzadas. Ele defendeu que os cruzados foram mártires que“sacrificaram suas vidas pela fé”.

O Prof. Robert Spencer lembrou que as cruzadas foram promovidas por Papas e concílios.

O professor catedrático de Cambridge, Jonathan Riley-Smith, ­­sublinhou que “é hora de dizer basta” aos falsos mitos históricos, e que as novas gerações devem se orgulhar de descender de cruzados. No contexto hodierno, as cruzadas estão sendo encaradas com mais simpatia pela opinião pública.

Artigo anteriorA conquista de Jerusalém, segundo Michaud – Parte 2
Próximo artigoAs quatro barras catalunhas

1 COMENTÁRIO

  1. Qual a opinião de vocês a respeito da 4ª cruzada e o saque, a destruição, o massacre e os roubos cometidos contra Constantinopla, abrindo caminho para a conquista dos turcos otomanos do restante do Império do Oriente (Bizantino)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.