As Catedrais, Símbolos do Paraíso

0

catedral-de-colonia-1-768x474

A Catedral é a figura da Cidade de Deus, da Jerusalém celeste, imagem do Paraíso – a liturgia da sagração das igrejas o afirma; as paredes laterais são a imagem do Antigo e do Novo Testamento; os pilares e as colunas são os profetas e os Apóstolos que sustentam a abóbada de que Cristo é a chave; as janelas translúcidas que nos separam da tempestade e derramam sobre nós a claridade são os Doutores; o portal é a entrada do Paraíso, embelezada pelas imagens em pedra, pelos baixos-relevos pintados e dourados, e pelos suntuosos batentes de bronze. A Casa de Deus deve ser iluminada pelos raios do sol, resplandecente de claridade como o próprio Paraíso, porque Deus é a Luz e a luz dá beleza às coisas. Assim também se deve aumentar a iluminação interior da Catedral, abrindo janelas tão grandes quanto possível, do vértice das grandes arcadas às próprias abóbadas.


(LE GOTHIQUE A SON APOGEE – Marcel Aubert, p. 22).

 

N.B : Jamais se construiu tão belas obras de arte, como nessa maravilhosa Idade Média, especialmente suas Catedrais grandiosas e cheias de unção, as quais até hoje. Elevam a Deus um louvor perene e enlevado. E elas que demonstram o espírito católico que reinava nos corações dos homens naquela época feliz.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.