Vídeo: O mistério do Santo Sudário – parte 3

0

Terceira parte do documentário sobre o Santo Sudário de Turim.

Parte 3: Achados surpreendentes.

[youtube clip_id=”J9svXihkE_I”]

Os resultados dos exames laboratoriais demonstraram que o desenho que aparecia no Santo Sudário não poderia ter sido feito por mãos humanas e que não se tratava de uma pintura.

As manchas de sangue marcaram o tecido de modo diverso do que seriam as produzidas por um cadáver comum. Quando a impressão se produziu, tudo leva a crer que o tecido não estava comprimido pela pressão do corpo. Tratava-se realmente de sangue humano, de tipo sangüíneo AB.

Um criminologista e botânico suíço, Max Frei, identificou células de pólen de quarenta e nove plantas diferentes presentes no tecido, sendo algumas delas européias e trinta e três originárias da Palestina e da Turquia. Este fato confirma o percurso do Santo Sudário de Jerusalém a Turim nos seus vinte séculos de existência.

Dois físicos da Força Aérea norte-americana notaram a presença de objetos circulares colocados sobre os olhos e levantaram a hipótese de que fossem moedas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.