A Castidade e o Celibato dos Padres

46

São Pedro era celibatário, a castidade é um estado de vida mais perfeito do que o matrimônio, etc.

1 Coríntios 7: (7)”Quisera que todos os homens fossem como eu [celibatário]; mas cada um recebe de Deus o seu dom particular, um, deste modo; outro, daquele modo.”. (8)”Contudo, digo às pessoas solteiras e às viúvas que é bom ficarem como eu”. (27)”Estás ligado a uma mulher? Não procures romper o vínculo. Não estás ligado a uma mulher? Não procures mulher. (38)”Portanto, procede bem aquele que casa a sua virgem; e aquele que não a casa, procede melhor ainda“.

À Nosso Senhor, perguntam os discípulos “…não convém casar? … Não são todos que compreendem esta palavra, mas somente aqueles a quem é dado“(Mt. 19,11)

Todo aquele que tiver deixado casa, irmãos ou irmãs, pai ou mãe, mulher ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá o cêntuplo e a vida eterna” (Mt 19, 29). Em S. Lucas: “Na verdade vos digo, que não há quem deixe, pelo reino de Deus, casa, pais, irmãos ou mulher que não receberá… a vida eterna” (Lc 18, 29-30)

O Casamento não é obrigatório

O Concílio de Trento esclareceu um ponto muito importante. Afinal, o casamento é de preceito, é obrigatório?

A teologia ensina que o matrimônio foi uma obrigação de direito natural, para nossos primeiros pais, depois da queda; porém, este preceito não obrigava senão no caso de necessidade de propagação ou de conservação da raça humana, como o preceito de esmola não obriga senão no caso da necessidade de um indivíduo: tal é o ensino de Suárez (lib. IX, De cast. c. 1).

O catecismo do concílio de Trento diz que a raça, tendo-se multiplicado, hoje não somente não há obrigação de casar-se, mas antes a castidade é soberanamente recomendada, e aconselhada pela Sagrada Escritura (De matr. 14). Dirão, talvez, que o matrimônio é um meio de evitar as quedas. Não digo o contrário [comenta o Pe. Júlio Maria], mas faço notar que, além deste meio, há muitos outros meios de evitar as fraquezas. Suárez é do mesmo sentimento: Não acredito, diz ele, que um homem possa estar exposto a um tal perigo moral de cair em falta contra a castidade, que seja obrigado a casar-se, pois restam-lhe sempre os meios de fugir das ocasiões, de vencer as tentações pela oração, o jejum e outros remédios deste gênero. (lib. IX, c. 2).

S. Afonso diz que um pai não pode, de nenhum modo, obrigar um filho a casar-se, se este filho pretende escolher um estado mais elevado, como são a castidade no mundo ou a vida religiosa (Theol. Mor. 1. 6 – tr. 6).

S. Pedro era Celibatário – provas da Sagrada Escritura

Os protestantes se arvoram em intérpretes da Bíblia, insinuando, que conhecem-na muito melhor que os católicos. Então, vamos procurar demonstrar – com a mesma Bíblia que eles dizem seguir – que S. Pedro era Celibatário. Eles utilizam o seguinte trecho para tentar provar que S. Pedro não podia ser celibatário: “E a sogra de Simão estava enferma” (Lc 4, 38).

Primeiramente, cabe distinguir entre celibato e castidade. A castidade pressupõe o celibato, mas este não pressupõe aquele. Uma pessoa celibatária pode ter sido casada, por exemplo. Enquanto uma pessoa que guardou a castidade a vida inteira, de regra, nunca foi casada. A não ser que tivesse feito um voto de castidade dentro do casamento, como foi o caso de Nossa Senhora.

S. Pedro, segundo ensina a tradição e segundo vou procurar demonstrar com a Bíblia, foi casado, mas era viúvo ou tinha deixado sua mulher.

Afirmar que S. Pedro era casado por ter uma sogra é um argumento precipitado. Há muitas pessoas que tem sogra mas já não tem mulher. Da Sagrada Escritura, a única coisa de certo que se pode afirmar é que S. Pedro tinha uma sogra e que, portanto, podia ser casado, podia ser viúvo, ou podia ter deixado a esposa.

De qualquer forma, estando viva ou não sua mulher, S. Pedro a tinha deixado, segundo o conselho do Mestre: “Todo aquele que tiver deixado, por amor de mim, casa, irmãos, pais, ou mãe, ou mulher, ou filhos… receberá a vida eterna” (Mt 19, 29).

Eis um conselho do divino Mestre dirigido aos Apóstolos e, na pessoa deles, aos séculos vindouros. Nosso Senhor os convida a deixar tudo, por seu amor… até a própria mulher.

Os Apóstolos compreenderam o convite de Nosso Senhor. E compreenderam tão bem que ficaram admirados, e disseram: “logo quem poderá salvar-se?” (Lc 18, 26).

S. Pedro, sem hesitação, sem embaraço, como quem fala com completa certeza, dirige-se ao divino Mestre, e exclama: “Eis que nós deixamos tudo e te seguimos” (Lc 18, 28).

E o Senhor aprova e apóia esta exclamação de Pedro, respondendo: “Na verdade vos digo, que não há quem deixe, pelo reino de Deus, casa, pais, irmãos ou mulher que não receberá… a vida eterna” (Lc 18, 29-30)

S. Pedro exclama ter deixado tudo… O Mestre o confirma, e promete-lhe o céu em recompensa.

É, pois, claro e irrefutável que S. Pedro, embora tivesse sogra, não tinha, ou tinha deixado a mulher; era pois celibatário como os outros apóstolos. Se assim não fosse, S. Pedro não podia dizer ter deixado tudo, visto não ter deixado a mulher, embora fosse incluída a mulher na enumeração, feita pelo Mestre, daquilo que se pode deixar por seu amor.

Os Padres não se casam seguindo o conselho de Nosso Senhor

O celibato não é obrigação imposta por Deus, mas um conselho de Nosso Senhor transformado em preceito pela Igreja.

S. Paulo, como visto, deixa claro que quem casa faz bem e quem não casa faz melhor (1 Cor 7, 8-40).

O Padre, portanto, escolhe para si o estado de vida mais perfeito, de acordo com sua vocação religiosa e seguindo o exemplo de Nosso Senhor e seus Apóstolos.

Nosso Senhor era Virgem, era a pureza perfeita. O sacerdote católico, que é o seu ministro, procura, o melhor possível, imitar o seu modelo divino, que disse: “Eu vos darei o exemplo para que façais como eu fiz” (Jo 13, 15). E S. Paulo acrescenta: “Sede os imitadores de Deus como filhos queridos” (Ef 5, 1).

Um escolhido para ser o “pastor” do “Povo de Deus” deve procurar, em tudo, o que aconselhou Nosso Senhor (Mt 19, 10 – 20 e 29) e S. Paulo (1 Coríntios 7, 7-38).

Como que para deixar claro a posição do sacerdote ou da pessoa que tem uma vocação mais alta, Cristo afirma: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga” (Mt 16, 24), e ainda: “Se quiseres ser perfeito, vai, vende o que tens, e dá o valor aos pobres” (Mt. 19, 21).

Um pastor protestante tem obrigações com sua esposa e com seus filhos. Obrigações de sustento, de proteção, de amparo, de educação, etc. Portanto, o seu desprendimento das coisas desse mundo acaba ficando tolhido, pelo menos em parte.

A lei eclesiástica que preceitua o celibato, mesmo tendo sido estabelecida posteriormente, era seguida pelos sacerdotes católicos desde os Apóstolos. No começo da Igreja, a própria Bíblia deixa claro o celibato.

Tertuliano, falecido pelo ano 222, diz que “os clérigos são celibatários voluntários“.

Eis a lei do celibato, que é uma grande e bela instituição derivada do exemplo e do conselho do próprio Messias.

Resposta a uma objeção comum dos protestantes

Para querer provar que um padre deve se casar, os protestantes, segundo seu costumeiro “Livre Exame“, utilizam-se de um texto de S. Paulo. É claro que, segundo a interpretação de cada um, um mesmo texto acaba levando a conclusões diametralmente opostas…

Diz S. Paulo: “Se alguém deseja o episcopado, deseja uma boa obra. Importa que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, sóbrio, prudente, conciliador, modesto, hospitaleiro, capaz de ensinar” (1 Tim 3, 1-2).

Segundo a interpretação corrente que fazem os protestantes desse texto, o padre deve casar-se. Ora, se o próprio Cristo deixou a cada um a liberdade de casar-se ou de ficar celibatário, será que ele recusaria esse direito ao padre?

O que prova esse trecho? Prova apenas o que a Igreja sempre ensinou, ou seja, que o celibato não é uma obrigação divina, mas sim um conselho de Nosso Senhor e do próprio S. Paulo (1 Cor 7, 7 – 38). O Apóstolo não diz: “é preciso que o bispo seja casado!“; mas diz: “Sendo ele casado, deve sê-lo com uma mulher só“, excluindo, deste modo, a tal “bigamia” pública ou oculta…

Ora, nunca a Igreja ensinou que o celibato era de ordem divina, mas sim de ordem eclesiástica.

O padre deve ser “pai espiritual” de todos; e para isso, não deve ser pai carnal de ninguém. Seu tempo não lhe pertence e não poderia pertencer à sua família carnal, pois ele deve viver para a Igreja e para a religião, e não para mulher e filhos. Ele deve renunciar ao conforto do lar e à família, para consagrar-se ao serviço de Deus. “Aquele que ama pai ou mãe mais do que a mim não é digno de mim. E aquele que ama filho ou filha mais do que a mim não é digno de mim. Aquele que não toma a sua cruz e me segue não é digno de mim. Aquele que acha a sua vida, vai perdê-la, mas quem perde a sua vida por causa de mim, vai achá-la“. (Mt 10, 37-39)

O famoso texto de S. Paulo, longe de contradizer, confirma a doutrina católica mostrando o que sempre foi repetido: que o celibato não foi exigido por Cristo; porém foi aconselhado, pela palavra e pelo exemplo, deixando Jesus Cristo à sua Igreja o cuidado de regular estes pormenores, conforme os tempos e os lugares.

Ninguém é obrigado a ser padre, sendo, deve conformar-se com as decisões da Igreja de Cristo, pois “quem vos escuta, escuta a mim e quem vos despreza, despreza a mim“, disse Nosso Senhor aos seus Apóstolos, à sua Igreja (Lc 10, 16).

Aliás, como tudo isso é diferente do protestantismo, que nasceu e foi impulsionado por pessoas que desejavam o adultério e a fornicação: Calvino, Henrique VIII, Lutero e Zwinglio!

Agora, querendo justificar sua posição, protestantes procuram lançar pedras contra o sacerdócio católico… Ignoram a Bíblia, os conselhos de Cristo e os preceitos da Igreja. Mais deveriam tentar limpar a imagem de seus ‘fundadores’ do que atacar a Igreja fundada por Cristo!

46 COMENTÁRIOS

  1. NEM A PESSOA MOSTRANDO A VERDADE COM A BÍBLIA OS PROTESTANTES AINDA CRITICAM.
    A VERDADE É QUE SER CELIBATÁRIO NÃO É PRA QUALQUER UM,ENTÃO COMO OS PASTORES
    NÃO CONSEGUEM SER,NEM MESMO POR AMOR A CRISTO,FICAM TACANDO PEDRAS.

  2. Estou saturada da confusão protestante. Sendo evangelico protestante de berço, tenho dificuldades em entender e aceitar muito dos dógmas católicos. Mas de algumas coisas estou convencido:
    -Maria Santissima é virgem perpetua.
    -Com todos os escandalos envolvendo a igreja católica, ela é a reserva moral. Se a igreja católica cair, todo o resto do cristianismo já era.
    -Muita coisa que aprendi de negativo a respeito da igreja católica não passava de implicancia de ex-católicos que ao invés de se interarem melhor sobre a igreja não o fizeram. Eram espiritualmente frustrados, e encontraram no protestantismo abrigo, mas ao chegarem no protestantismo, se tornaram egoísta, egocentricos, rebeldes, e vivem hoje de porta em porta de igreja, sendo protagonistas e antagonistas em disputas de fieis e brigando por posição.

    Espero continuar seguindo este site e conhecendo melhor.
    Graça e paz

  3. Quer dizer então que Padre não casa mas pode manter relações sexuais. Padre pode então, pecar contra a castidade. E como ficam as freiras? Também podem ou o machismo da igreja, no caso delas pensa diferente? É curioso como a igreja vive na Idade Média naquilo que lhe convém, mas é moderna quando interessa. Padre devia andar de jumento e não de carro, já que se tem que fazer as coisas como na época de Cristo. Até os dias atuais a mulher é tratada na igreja como cidadã de segunda classe, como se tivesse nascido do homem, quando a ciência já prova que é exatamente o contrário, o sexo feminino é o sexo basal, mas não convém admitir isso e permitir às mulheres o sacramento da ordem, por exemplo.
    Cristo também disse que no reino do céu os últimos serão os primeiros e olhe que esse é eterno e não limitado e curto como este em que hoje vivemos.
    Santa hipocrisia, os fariseus continuam os mesmos, formam o “bendito” clero corrupto, que acoberta pedófilo, ladrões e hipócritas.

    • Olá minha cara Maria Lucia. Tudo bem?
      Vejo que você não aceita o que a Igreja determina! Se você não aceita, simplesmente não faça parte dela. Agora você querer mudá-la com suas argumentações mundanas, heréticas e modernas é muito petulância, não acha? Já não basta o que vemos hoje em dia, com essa modernidade toda do mundão, que a sociedade está de mal a pior. Cientificamente evoluindo bastante e moralmente ficando pior que animal. Perderam o sentido de respeito, e santidade! E ainda você quer ver modernidade na igreja também? Logicamente que não é pertinente essa sua ideia. O mal dessa sociedade corrompida é querer modernizar tudo. Mas esses moderninhos não percebem que a decadência do ser humano é terrível. A saber: adultério, ganância, egoísmo, mentiras, malandragem, violência, ignorância, maldade, pervercidade, homosexualidade, sexualidade desregrada(colocam a mulher como objeto sexual), sexo desregrado fora do casamento, destruição de familias, roupas indecentes, mentalidade orgulhosa, cada pessoa tem sua lei e não tem padrão algum de santidade.Em fim, uma sociedade totalmente porca( os porcos(os animais) só olham para o chão. Isso é uma comparação ao ser humano que quer somente olhar para o campo terreno, as coisas desse mundo perdido, e não contemplam as coisas de Deus que são altas, do céu. O homem em sua grande maioria, alem de não se interessar por igreja, faz piadinhas mentirosas. Por causa disso a Justiça de Deus não vai demorar muito.)
      Correções dos seus argumentos errados:
      1 -Padre não pode manter relações sexuais. Tem de respeitar a castidade. Os que fazem isso serão severamente punidos na Justiça Divina. Podem escapar da Justiça humana, mas Deus Tudo Vê. Eles escandalizam a Obra de Deus adotando posturas mentirosas e de porcos.
      2 – A mulher não deve ser ordenada. Cristo, sendo Deus veio como Homem. Escolheu somente homens para sacerdotes. Isso não diminui a mulher. Muito pelo contrário, a mulher tem um papel fundamental dentro da igreja como catequista. E as mulheres também tem muita fé. É um absurdo e uma ofensa muito grande a Deus a ordenação de mulheres. Ai do papa que liberar a ordenação de mulheres dando ouvidos a essa sociedade corrompida e mentirosa que não se preocupa com a igreja e ficam opinando sobre a mudança dela.
      3-A questão do jumento é ignorância da sua parte. Evolução de tecnologia é uma coisa e evolução da moral cristã é outra. Jesus Cristo nos indicou o caminho estreito para segui-Lo. O que você propõe é rasgar a Bíblia e deixar de Seguir a Cristo. Isso é outro absurdo. A moral Cristã não muda nunca. Está escrito” Céus e terra passarão, mas Minhas palavras não passarão”. As Palavras de Cristo são eternas e não mudam. Tecnologia muda. Moral não muda. E devemos sim seguir o exemplo Moral dos Apóstolos de antigamente
      4 – A ciência se contradiz algumas vezes. Nós cremos no que Deus diz: Fez Adão e da costela de Adão, fez Eva. Repito: isso não diminui a mulher. As mulheres são fundamentais para Deus e companheiras dos homens.
      5 – Nem todos os membros do Clero são corruptos. Não seja preconceituosa, e não generalize. Existem Padres santos. E acredito que o número de Padres santos é muito maior que o de corruptos.
      E por fim, abandone suas ideias modernistas e ideia de querer infiltrar modernidade na Igreja, pois sua sociedade moderna vai de mal a pior e vai piorar ainda mais. Só Deus, minha filha, pode corrigir isso. Abraços

      • WILLIAM SOME NÃO AMIGO ESTOU COM VÁRIOS ESTUDOS DE PATRÍSTICA APOLOGÉTICA ENORME SOME NÃO ME MANDA UM OI NO MEU MAIL PARA EU TI PASSAR ESTUDOS DE TODOS OS SENTIDOS A IGREJA CATÓLICA VOLTOU A CRESCER EM NUMERO E O POVO TEM SEDE DE INFORMAÇÃO VAMOS JUNTOS COM FORÇA MEU MAIL É ESSE AQUI [email protected]

      • WILLIAN COPIE ESSE MEU ESTUDO SOBRE IMAGENS QUE DEBATI COM UM PROTESTANTE DE FUNDO DE QUINTAL E ELE NÃO SOUBE ME REFUTAR E RESPONDER NAS FONTES

        VEJA ESSE ESTUDO SOBRE IMAGENS MEU IRMÃO PASSA PARA OS OUTROS SITES EU FIZ RÁPIDO PODEM TER ALGUNS ERROS DE PORTUGUÊS QUE NÃO CORRIGI UM ABRAÇO

        VEJA CONTRADIÇÕES PROTESTANTES SOBRE O TEMA IMAGENS.
        Deus informa a Moisés o seguinte: Eu escolhi Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, e o enchi do Espírito de Deus, dando-lhe destreza, habilidade e plena capacidade artística para (desenhar) e executar trabalhos em ouro, prata e bronze, para talhar e esculpir pedras, para entalhar madeira e executar todo tipo de obra artesanal

        AQUI NESSE SITE VOCÊ VAI VÊ QUE IMAGENS JÁ ERAM USADAS PELOS APOSTÓLOS E PELOS PADRES APOSTÓLICOS NAS IGREJAS DO PRIMEIRO SECULO DA ERA CRISTA!
        ENTRE E VEJA:
        http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/imagens/540-as-pinturas-mais-antigas-dos-apostolos-de-jesus

        E mais longe da ignorância dos fanáticos freqüentadores de seitas tupiniquins, na Ilha de Malta, na Reunião Mundial das igrejas protestantes, foi assinado um acordo onde 92% das Igrejas Luteranas entre outras, já reconheceram que as imagens católicas não são e nunca foram ídolos. A esse respeito, sugiro a leitura do livro “História da Igreja”, vol. 3, de Martin N. Dreher, Ed. Sinodal, em especial as págs. 53 a 57, já que se trata de uma editora protestante e um autor protestante, que defendem o uso de imagens nas igrejas de Deus.
        Olha aqui foi descoberta a igreja católica mas antiga do mundo vou ti mandar o l site aí você entra nela ok ela é repleta de imagens
        http://filhosprediletosdemaria.blogspot.com.br/2012/05/a-surpresa-de-megido-e-igreja-crista.html

        Entenda que as imagens tantas vezes na Bíblia solicitadas por Deus, já eram usadas pelos primeiros Cristãos:
        “Vem dos primeiros tempos do Cristianismo, envolvendo até o Apóstolo São Pedro, que teria chegado na Península Ibérica com uma imagem de Nossa Senhora Jerusalemitana, esculpida por São Lucas.” Diz o jornalista, pesquisador de História e escritor J. Muniz Jr. (Jornal A Tribuna de Santos, 9/9/97).
        Também dizia o grande teólogo primitivo Santo Agostinho (354-430): “Não há, pois, superstição alguma nas peregrinações do povo cristãos a certos lugares em que Deus obra milagres pelas relíquias ou imagens dos santos.”(Biblioteca Patrística). Morre o embuste protestante.
        Deus proíbe ídolo deus e não “imagens de esculturas”.
        EU ADORO DECIFRAR FARSAS PROTESTANTE PELA PATRÍSTICA PELA ARQUEOLOGIA E PELA BÍBLIA:
        Entenda também Leonardo que o falsário tradutor protestante, João Ferreira de Almeida, adulterou as já incompletas bíblias protestantes, colocando o termo “Imagens de Escultura” onde nos originais constam ÍDOLO, para fazer confusão. Se examinarmos o texto original hebraico, notaremos que em ambas as citações do Êxodo e do Deteuronônio falam claramente que aquilo que os protestantes e más traduções traduzem por “IMAGENS DE ESCULTURA”, na verdade, deveria ser traduzido por ÍDOLOS, pois a palavra hebraica utilizada é “PESEL” que se traduz no grego por “ÊIDOLON” e em português por ÍDOLO.
        Esta é uma dentre as muitas querelas que, examinadas a fundo, a Igreja Católica está claramente com a razão.
        Como poderia Deus proibir “imagens de escultura” se mandou construir duas para colocar sobre a arca da aliança que guardavam as tábuas, que na verdade proíbem ÍDOLOS????
        Exemplos das falsificações protestantes estão em (Isaías 44,9-10,15,17). O falsário protestante, além de enfiar “imagem de escultura” onde consta ÍDOLO, ainda enfiou criminosamente a palavra “procissão” em (Is 45,20).
        Mas não conseguiu adulterar os versículos seguintes, que restauram o sentido verdadeiro dos originais, com o ídolo de Micas, que não era mais um deus, transformado em “imagem de escultura” para a casa de Deus, veja: “E os filhos de Dã levantaram para si aquela IMAGEM DE ESCULTURA, e Jônatas, filho de Gérson, o filho de Manassés, ele e seus filhos foram sacerdotes da tribo dos danitas, até ao dia do cativeiro da terra. Assim, pois, A IMAGEM DE ESCULTURA, que fizera Mica, estabeleceram para si, todos os dias que a casa de Deus esteve em Siló” (Jz 18,30-31). (conf. Bíblia J. Ferreira).
        Deus só proibia figura de si, enquanto ninguém o viu naquele instante no monte Horebe (Dt 4,15-19), se o esculpissem estariam mentindo, se o comparassem com as figuras que Ele descreve, podendo incorrer na fabricação da imagem de um falso deus pagão.
        Mas logo, muitos viram Deus: Jacó viu Deus cara a cara (Gênesis 32,30); Moisés e os anciões de Israel viram Deus (Êxodo 24,9-11); Deus falou com Moisés cara a cara (Êxodo 33,11) (Deuteronômio 34,10); Ezequiel viu Deus em uma visão (Ezequiel 1,27-28). Com o passar do tempo, relata a bíblia:
        … “Assim, pois, A IMAGEM DE ESCULTURA, que fizera Mica, estabeleceram para si, todos os dias que a casa de Deus esteve em Siló” (Jz 18,30-31). (conf. Bíblia J. Ferreira).

        E outra coisa não se pode esquecer jamais que todos utensílios para o altar e o altar ungidos(consagrados) se tornam coisas santas:
        VEJA:
        “Tomarás o óleo de unção e ungirás com ele o tabernáculo com tudo o que ele contém; consagrá-lo-ás com todo o seu mobiliário para que ele se torne uma coisa santa.
        Ungirás o altar dos holocaustos e todos os seus utensílios; em virtude de tua consagração, o altar se tornará uma coisa santíssima.” (Ex 40, 9-10)

        No templo no lugar santissimo Deus manda oferecer sacrificios para perdão dos pecados e que se derrame o sangue deste sacrificio onde esta duas IMAGENS DE ESCULTURA.

        Agora veja essa exaustiva concordância Strong
        (dicionário das linguas bíblicas, e protestante) traduz essa palavra como:

        06459 pecel
        procedente de 6458; DITAT – 1788a; n. m.
        1) ídolo, imagem

        Como vemos a palavra não diz respeito a qualquer imagem, e sim a ídolos esculpidos, ou seja imagens de ídolos. De fato pode ser traduzida como imagem, mas não diz respeito a qualquer imagem e sim especificamente ídolos esculpidos.

        Dessa forma vemos que a passagem é uma clara referência aos deuses do Egito, como constataremos a baixo:
        “Não farás para ti ídolos ou coisas alguma que tenha a forma de algo que se encontre no alto do céu…”. (êxodo 20, 4)

        O que estava no céu, eram os deuses dos ares do Egito:
        RÁ (ou Rê), o criador dos deuses e da ordem divina egípcia. Foi retratado pela arte egípcia sob muitas formas e denominações e era também representado por um falcão, por um homem com cabeça de falcão ou ainda, mais raramente, por um homem. Quando representado por uma cabeça de falcão estabelecia-se uma identidade com Hórus, outro deus solar adorado em várias partes do país desde tempos remotos.
        Í BIS, uma ave pernalta de bico longo e recurvado. Existe uma espécie negra e outra de plumagem castanha com reflexos dourados, mas era o íbis branco, ou íbis sagrado,que era considerado pelos egípcios como encarnação do deus Thoth. Um homem com cabeça de íbis, era outra das representações daquele deus.

        HÓRUS, filho de Isis e Osíris. Ele é representado como um homem com cabeça de falcão ou como um falcão, sempre usando as duas coroas do Alto e Baixo Egito. Na qualidade de deus do céu, Hórus é o falcão cujos olhos são o sol e a lua.

        TOTH, era o deus-escriba e o deus letrado por excelência. Representado como um íbis ou um homem com cabeça de íbis, ou ainda um babuíno.

        “…embaixo na terra…”. (Êxodo 20, 4)
        O que estava na terra eram os deuses e animais terrestres do Egito:

        ANÚBIS, filho de Seth e Néftis, é o mestre dos cemitérios e o patrono dos embalsamares. É na realidade o primeiro entre eles, a quem se deve o protótipo das múmias, a de Osíris. Todo egípcio esperava beneficiar-se em sua morte do mesmo tratamento e do mesmo renascimento desta primeira múmia. Anúbis também introduz os mortos no além e protege seus túmulos com a forma de um cão, vigilante.
        ÁPIS, o boi sagrado que os antigos egípcios consideravam como a expressão mais completa da divindade sob a forma animal e que encarnava, ao mesmo tempo, os deuses Osíris e Ptah. O culto do boi Ápis, em Mênfis, existia desde a I dinastia pelo menos. Também em Heliópolis e Hermópolis este animal era venerado desde tempos remotos. Essa antiga divindade agrária, simbolizava a força vital da natureza e sua força geradora.

        KHEPRA, (escaravelho, em egípcio) ou um homem com um escaravelho no lugar da cabeça também representavam o deus-Sol. Nesse caso o besouro simbolizava o deus Khepra e sua função era nada menos que a de mover o Sol, como movia a bolazinha de excremento que empurrava pelos caminhos. Associados à idéia mitológica de ressurreição, os escaravelhos eram motivo freqüente das peças de ourivesaria encontradas nos túmulos egípcios.
        BABUINO ou cinocéfalo é um grande macaco africano, cuja cabeça oferece alguma semelhança com os cães. No antigo Egito este animal estava associado ao deus Thoth, considerado o deus da escrita, do cálculo e das atividades intelectuais. Era o deus local em Hermópolis, principal cidade do Médio Egito. Deuses particularmente numerosos parecem ter se fundido no deus Thoth: deuses-serpentes, deuses-rãs, um deus-íbis, um deus-lua e este deus-macaco.
        APÓFIS, a serpente que habitava o além-túmulo, representava as tempestades e as trevas. As serpentes estavam entre os adversários mais perigosos e o demônio líder de todos eles era Apófis a grande serpente.
        BASTET, uma gata ou uma mulher com cabeça de gata simbolizava a deusa Bastet e representava os poderes benéficos do Sol. Seu centro de culto era Bubástis, cujo nome em egípcio ( Per Bast ) significa a casa de Bastet. Em seu templo naquela cidade a deusa-gata era adorada desde o Antigo Império e suas efígies eram bastante numerosas, existindo, hoje, muitos exemplares delas pelo mundo.
        GEB, o deus da Terra é irmão e marido de Nut. É o suporte físico do mundo material, sempre deitad o sob a curva do corpo de Nut. Ele é o responsável pela fertilidade e pelo sucesso nas colheitas. Ele estimula o mundo material dos indivíduos e lhes assegura enterro no solo após a morte. Geb umedece o corpo humano na terra e o sela para a eternidade. Nas pinturas é sempre representado com um ganso sobre a cabeça.
        “…ou nas águas debaixo da terra.”. (Êxodo 20, 4)
        Por fim o que estava nas águas eram justamente os deuses animais que ficavam nas águas e que eram adorados no Egito:
        SEBEK, um crocodilo ou um homem com cabeça de crocodilo representavam essa divindade aliada do implacável deus Seth. O deus-crocodilo, era venerado em cidades que dependiam da água, como Crocodilópolis.
        TUÉRIS, (Taueret ) era a deusa-hipopótamo que protegia as mulheres grávidas e os nascimentos. Ela assegurava fertilidade e partos sem perigo. Adorada em Tebas, é representada em inúmeras estátuas e estatuetas sob os traços de um hipopótamo fêmea erguido, com patas de leão, de mamas pendente s e costas terminadas por uma espécie de cauda de crocodilo.
        Será que é mera coincidência, Deus ter proibído as “imagens” justamente quando os judeus saíram do Egito? E por que esta proibição se assemelha tanto aos deuses do Egito? É apenas uma coincidência?
        Para que não haja mesmo qualquer dúvida ou questionamento de que Deus se referia aos falsos deuses do Egito, ao pedir que o povo não praticasse idolatria, nem fizesse “imagens”, leremos agora um trecho do livro de Josué, que foi quem substitui Moises:
        “Agora, pois, temei o Senhor e o servi-o com inteligência e fidelidade. Afastai os deuses aos quais vossos pais serviram do outro lado do rio e no Egito, e servi ao Senhor”. (Josué 24, 14).
        E para termos ainda mais certeza de que Deus falava claramente dos falsos deuses do Egito, leiamos o que fala também, Ezequiel 8, 8-10:
        “Filho do homem, disse-me ele, fura a muralha, quando a furei, divisei uma porta. Aproxima-te, diz ele, e contempla as horríveis abominações a que se entregam aqui. Fui até ali para olhar: enxerguei aí toda espécie de imagens de répteis e animais imundos e, pinturas em volta da parede, todos os ídolos da casa de Israel”.
        Agora o que podemos perceber com essa passagem bíblica? Obviamente que os sacerdotes estavam adorando os falsos deuses em forma de répteis e animais, que Deus havia proibido que fossem adorados.

        Saibas que o próprio Josué que condenou as imagens dos ídolos, se prostrou diante das imagens da Arca da Aliança e isso não foi caracterizado como idolatria:

        VEJA
        “Josué rasgou suas vestes e prostrou-se com a face por terra até a tarde diante da arca do Senhor, tanto ele como os anciãos de Israel, e cobriram de pó as suas cabeças” (Josué 7, 6)

        A serpente de Bronze:
        “E disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente ardente e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo mordido que olhar para ela. E Moisés fez uma serpente de metal e pô-la sobre uma haste; e era que, mordendo alguma serpente a alguém, olhava para a serpente de metal e ficava vivo.” (Nm 21,8-9)

        A própria serpente de bronze foi uma prefiguração de Cristo e ele próprio confirma isto, ou seja a crucificação de Cristo foi representada com uma imagem de cobra:
        “Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem,” (João 3, 17)
        Estaria Moisés cometendo idolatria?
        O templo de Salomão:
        “E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados.” (I Reis 6, 23)
        “E revestiu de ouro os querubins. E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora.” (I Reis, 6, 28-29)
        “E sobre as cintas que estavam entre as molduras havia leões, bois, e querubins, e sobre as molduras uma base por cima; e debaixo dos leões e dos bois junturas de obra estendida.” (I Reis 7, 29).
        “Para o interior do Santo dos Santos, mandou esculpir dois querubins e os revestiu de ouro.” (II Crônicas 3,10)

        E outra meu caro Leonardo Era neste mesmo templo que os apóstolos e Jesus iam para orar:

        VEJA:
        “Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão.” (João 10,23)
        “Enquanto isso, realizavam-se entre o povo pelas mãos dos apóstolos muitos milagres e prodígios. Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão.”(Atos 5, 12)

        Me diga? Estariam Jesus e os apóstolos sendo idólatras ao frequentar um templo repletos de imagens de escultura?

        Olha só aqui fica mais do que provado , que Deus nunca proibiu a fabricação de imagens e sim de ídolos para a adoração, colocando-os no lugar do próprio Deus.

        São milhares de referências bíblicas meu caro Leonardo saibas que todos os templos de Deus tinha milhares de milhares de imagens e eu ti provo pela geologia pela arqueologia pela bíblia e por mais de 50 historiadores dos primeiros séculos
        Entenda que a idolatria é uma palavra formada por dois radicais, ido, que provém de ídolo e latria, que significa culto a uma divindade
        Veja outras passagens bíblicas que apoiam as imagens.
        E ainda: Me prostro voltado para o teu sagrado templo” (Sl 138(137),2
        ]…E lá (no teu santuário), ó Senhor, possamos cantar com o Salmista: “Nós nos saciamos com os bens da tua casa, com as coisas sagradas do teu templo”
        (Sl 65(64),5).
        PROTESTANTES CHAME ESSE VERSÍCULO DE IDOLATRIA POIS É ISSO QUE A IGREJA FAZ NOS SEUS TEMPLOS.
        Por outro lado, eu teria – se possível fosse – um enorme prazer em visitar o Templo de Deus, que Salomão mandou edificar; e no qual a glória de Deus pousou.
        Lugar Sacro em que abundavam inúmeras imagens de animais (touros e leões) – imagens que participavam do Verdadeiro Culto a Deus. Aliás, imagens sagradas e abençoadas e que, portanto, conjuntamente com todo o Templo do Altíssimo, eram reverenciadas. Está escrito: “Reverenciareis meu santuário” (Lv 19,30).
        Veja
        Ezequiel 8
        6
        E ele me disse: Filho do homem, vês tu o que eles estão fazendo? As grandes abominações que a casa de Israel faz aqui, para que me afaste do meu santuário; Mas verás ainda outras grandes abominações.7 E levou-me à porta do átrio; então olhei, e eis que havia um buraco na parede.8 Então ele me disse: Filho do homem, cava agora na parede. E quando eu tinha cavado na parede, eis que havia uma porta.9 Disse-me ainda: Entra, e vê as ímpias abominações que eles fazem aqui.10 Entrei, pois, e olhei: E eis que toda a forma de répteis, e de animais abomináveis, e todos os ídolos da casa de Israel, estavam pintados na parede em todo o redor.
        Você lê que no livro de Ezequiel, ídolos são figuras de répteis!
        Agora eu pergunto Leonardo? O que as figuras de répteis tem a ver com o catolicismo???
        Agora, veja que no mesmo livro de Ezequiel ele citando as imagens permitidas dentro do templo, e detalhe, ELES POSSUEM ROSTO HUMANO!
        VEJA:
        Ezequiel 41
        1 ENTÃO me levou ao templo, e mediu os pilares, seis côvados de largura de um lado, e seis côvados de largura do outro, que era a largura da tenda.(…)17 No espaço em cima da porta, e até na casa, no seu interior e na parte de fora, e até toda a parede em redor, por dentro e por fora, tudo por medida.
        18 E foi feito com querubins e palmeiras, de maneira que cada palmeira estava entre querubim e querubim, e cada querubim tinha dois rostos,
        19 A saber: um rosto de homem olhava para a palmeira de um lado, e um rosto de leãozinho para a palmeira do outro lado; assim foi feito por toda a casa em redor.
        Agora vejam essas outras passagens bíblicas que vai contra toda tese do protestantismo
        Salomão mandou colocar no Santo templo imagens de
        – 2 QUERUBINS no Oráculo (III Reis 6,23-28),
        -mandou colocar no templo
        12 BOIS na bacia de bronze! (III Reis 7,25);

        Mandou colocar no templo
        BOIS e LEOES e QUERUBINS! (III Reis 7,28-29) e
        E ainda “como que figuras de HOMENS EM PÉ”, e

        Mais QUERUBINS e LEÕES (III Reis 7,36);
        Quando você estuda nas fontes as palavras os costumes e as línguas primitivas dos escritores das época dos fatos você não contradiz.
        Veja que as representações simbólicas dos querubins – muito provavelmente – possuíam pés e mãos, não é mesmo?
        Da vida acreditam que os “querubins da glória” (Hb 9,5) eram cotos ou aleijados?
        As estátuas querubínicas da Arca da Aliança são representadas possuindo pés e mãos.]
        OBS.: Que na Vulgata, inclusive, é citada que, no Templo de Jerusalém, a presença de uma imagem de homem:
        Apresentando como que a figura de um homem de pé” (III Reis 7,36)>> [BÍBLIA SAGRADA (Traduzida da Vulgata), 15a.
        Edição, Edições Paulinas, SP, 1998, p. 378].– [III Reis 7,36 equivale, nas demais traduções da Bíblia, a 1 Reis 7,36]
        b)Ao citar o texto do Deuteronômio, você Maurício Pereira da Silva frisou: imagem de “homem e mulher “. Por que ele não frisou também a parte antecedente que diz: “Imagem esculpida em forma de ídolo” (Dt 4,16).
        Assim, Deus haveria especificado a proibição da Lei como sendo só sobre as estátuas (isto é, “imagem esculpida”) e não com referência a qualquer tipo de imagem.
        Essa proibição do Deuteronômio inclui: a pintura, o desenho, o mosaico, o vitral, os bordados, as tapeçaria, posters, etc?
        Se dizes que sim; então, prove! Pois, pelo texto bíblico é dito especificadamente: “imagem esculpida em forma de ídolo”(cf. Dt 4). Repito, pelo texto do deuteronômio citado, NÃO é qualquer tipo de imagem; mas “ESTÁTUA” e ainda, esta estátua, tem que ser “em forma de ídolo”.
        (Sugerindo, assim, que éxistem estátuas que não possuem a forma idolátrica e estas, por conseguinte, também não seriam proibidas).
        Em suma, por tal inferência,então, poder-se-ia afirmar que: “Todo ídolo – obrigatoriamente – teria que ser uma estátua; mas nem toda estátua seria um ídolo” (assim como todo dólar é dinheiro; mas nem todo dinheiro é dólar);
        Haja vista existirem estátuas aceitas no templo (querubins, leões, touros: 1Rs 7,29; além de escultura de guirlandas e palmas: 2 Cron 3,5),afora a estátua da serpente de bronze (cf. Nm 21,8-9) ou dos ratos e tumores (cf. 1Sm 6,11).
        Há ainda a estátua que ficou – por um bom período de tempo – na Casa de Deus em Silo: “Eles instalaram para seu uso a imagem que Micas havia esculpido, e ela permaneceu lá todo o tempo em que subsistira a casa de Deus em Silo” (Jz 18,31).
        E o Dicionário?
        “No Dicionário Aurélio 3.0 – Século XXI” também é dito que honrar é venerar. E agora Maurício Pereira da Silva ? Tu não honrarás mais teus pais porquanto – no Aurélio – venerar significar honrar?
        E como fica o santo mandamento que diz: “Honra teu pai e tua mãe” (Lc 18,20); bem como a seguinte sentença bíblica que diz: “Se alguém me serve, meu Pai o honrará” (Jo 12,26); ou ainda: “Honrai a todos” (1 Ped
        Aliás, no mesmo dicionário, “venerar”
        Significa respeitar. Será que não mais respeitará nada e ninguém, exceto Deus?… Eu creio que não! Pois, certamente, você Leonardo.
        Continuará respeitando muitas coisas; bem como dando a honra a quem é devida a honra, não é mesmo?… Aí eu me pergunto: você honra os santos de Deus? Você os respeita? Sim ou não?… Você respeitaria as imagens do Templo de Jerusalém?
        {Lembre-se –- segundo o Aurélio respeitar é venerar (e que, presumidamente, seria o mesmo que adorar).]
        Você as respeitaria ou não?… E como Adorar, segundo o citado dicionário, é igual a idolatrar; então, não te incomodarias de ser chamado de “idolatrador” de Deus? [Eu porém não idolatro Deus, eu o adoro!]
        Segundo o mesmo dicionário, adorar é amar extremamente. E me responda, então: “Deus amou o mundo: pouco, medianamente, ou em extremo?
        Não foi em extremo,? A ponto de – conforme está escrito – entregar ao seu Filho amado para salvação do mesmo:
        “Deus amou tanto o mundo, que entregou o seu Filho único” (Jo 3,16). Por conseguinte, segundo aquele que vulgarmente é denominado de “Pai dos Burros”, Deus teria cometido o pecado da idolatria;?
        Esse é um cipoal em que se meteste,
        (E com dicionário embaixo do braço!… Melhor seria fechá-lo, e rapidamente! Antes que, “com pés e mãos”
        Sejas, tu, laçado nos fogo do inferno – conforme asseverou Nosso Senhor Jesus Cristo.)
        Eu, porém, digo: têm certos lugares (“as sinagogas de Satanás”) que peço a Deus não precisar nunca ir para não ter, quiçá, que me depara com os “cães” (Mt 7,6), “víboras” (Mt 23,33) e todo tipo de “bestas” – que por lá possa haver? Por outro lado, eu teria – se possível fosse – um enorme prazer em visitar o Templo de Deus, que Salomão mandou edificar; e no qual a glória de Deus pousou. Lugar Sacro em que abundavam inúmeras imagens de animais (touros e leões) – imagens que participavam do Verdadeiro Culto a Deus. Aliás, imagens sagradas e abençoadas e que, portanto, conjuntamente com todo o Templo do Altíssimo, eram reverenciadas. Está escrito: “Reverenciareis meu santuário” (Lv 19,30).
        E ainda Me prostro voltado para o teu sagrado templo” (Sl 138(137),2). [O Santuário, como é bem sabido, estava cheio de imagens.
        ]…E lá (no teu santuário), ó Senhor, possamos cantar com o Salmista: “Nós nos saciamos com os bens da tua casa, com as coisas sagradas do teu templo”
        (Sl 65(64),5).
        AGORA UMA OUTRA[OBS.: o Templo e tudo que havia nele eram sagrados! Portanto, cada objeto de lá, inclusive, as imagens, não podiam ser tidos com simples enfeites – eram ornamentos sacros com significados simbólicos-religiosospreciosos.]
        Olha os que ignoram a Escritura é preciso deixar claro: o que é proibido é a prostração “adorativa” perante criaturas (sejam imagens ou não); e não a prostração SEM adoração. Vejamos, alugns exemplos, lícitos, de prostrações sem a adoração:
        – “Betsabéia se ajoelhou e se prostrou diante do rei” (1 Rs 1,16).
        – “Quando chegou o profeta Natã… Ele veio perante o rei e se prostrou diante dele” (1 Rs 1,22s.) – “Esse terceiro chefe subiu, dobrou os joelhoes diante de Eliseu e suplicou-lhe assim: “Ó homem de Deus…” ” (2 Rs 1,13).
        – “Prostrai-vos perante o seu monte sagrado” (Sl 99(98),9).
        Aprenda uma coisa meus irmãos e minhas irmãs católicas que em primeiro lugar, que nenhum dicionário é tratado de epistemologia, de hermenêutica ou de exegese.
        E saiba que qualquer estudo mais sério de sinonímia lhe dirá que não há sinônimo que seja absolutamente equivalente.
        Também aprenda ainda, meu caro, que se existem duas palavras distintas para designar algo ou uma ação, é porque cada uma delas dá um matiz diverso da coisa ou da ação designada. Se duas palavras são absolutamente idênticas, a língua tende a eliminar uma delas.
        Assim eu ti provo biblicamente e por mais de 80 escritores e padres da igreja dos 4 primeiros séculos da era cristã que, adorar não é venerar, nem, muito menos, idolatrar.
        Pois cada uma dessas palavras tem sentidos diferentes.
        Agora se o seu “pai de burros” não faz essa distinção, é porque é um “Pai de burros” muito pouco sábio. E apesar de o mais famoso “pai de burros”, no Brasil, se chamar Aurélio, se o sr. compará-lo com qualquer “Pai de Burros ” estrangeiros, verá logo uma diferença… uma diferença… digamos… gigantesca olha (hesitei na escolha do adjetivo, e coloquei um muito vulgar, só para manter o respeito).
        Aprenda que adorar significa reconhecer como Deus, criador de todas as coisas.
        Já a palavra idolatrar, embora seu amigo Aurélio — que não mora aqui em casa — não explique isso, significa em certo sentido o oposto, pois designa a ação de adorar uma criatura em vez de adorar o Criador.
        Materialmente, a ação de adorar e a ação de idolatrar são idênticas.
        Formalmente são opostas.
        Mais o senhor certamente compreende a diferença entre matéria e forma, na consideração de uma ação. Mas, para auxiliar sua recordação e compreensão, dou-lhe um exemplo didático, visto que um especialista em dicionário e em leitura enviezada da Bíblia normalmente anda tão atarefado em decorar e citar a Escritura por “centímetros” e “milímetros”, que facilmente pode ter esquecido uma coisa tão primária.
        Ademais, o “pai dos burros” nacionais, ou mesmo seus eqüivalentes estrangeiros, não trata disso.
        Agora os protestante não querem ser protestantes!
        MAIS EU TI DIGO E AFIMO QUE OS PROTESTANTES SÃO CHAMADOS DE PROTESTANTES MESMO.
        Pois não existe a religião “evangélica”. Esse adjetivo é falsamente usado pelas seitas protestantes muito hoje em dia.

        As seitas protestantes se esconde, por trás do adjetivo “evangélico”, que é vago demais.
        Pois nele cabem os luteranos que crêem que Cristo é Deus.
        Nele se escondem também os Testemunhas de Jeová que não crêem na divindade de Cristo.
        Há milhares de seitas que se dizem evangélicas, cada uma acreditando ser a única verdadeira igreja.
        Na verdade os protestantes, são filho de Lutero. E não é preciso ser alemão para ser protestante, isto é, para ser filho de Lutero.
        Há, infelizmente, brasileiros filhos dele (e do dicionário).
        Os protestantes não anda bem da lógica.
        Vou ti da uma prova?
        Os protestantes costumam sempre citar o texto do II livro dos Reis (XVIII, 3-4) para provar que o Rei Ezequias destruiu a serpente de bronze feita por Moisés.
        Obrigado pela prova de que tenho razão.
        Pois o que prova esse texto que as seitas citam?
        Prova:
        1) Que Moisés fizera de fato uma serpente de bronze;
        2) que essa serpente fora conservada pelos judeus durante longo tempo;
        3) que eles acabaram por adorá-la ou a prestar-lhe culto indevido;
        4) que por isso, Ezequias a quebrou.
        Agora eu digo? Teria agido mal Moisés ao fazer a serpente de bronze?
        É claro que não, pois foi o próprio Deus quem ordenou fazê-la e olhar para ela para que os judeus se curassem.
        Erraram os judeus conservando-a? É evidente que não, porque mostravam gratidão e obediência a Deus.
        E entre os que conservaram estavam Moisés, Josué, os Juízes, Daví, Salomão.
        Será que todos eles estavam errados? Será que nenhum deles tinha um “Aurélio” — um dicionário à mão para saber que adorar, venerar, reverenciar, amar extremamente é tudo a mesma coisa?
        E nenhum deles contou com um sábio protestante para aconselhá-lo?
        Por que, durante tantos séculos, Deus e seus enviados permitiram que se guardasse a serpente de bronze?
        É evidente que permitiram porque ela não era adorada. Quando a transformaram abusivamente em ídolo, Ezequias a destruiu.
        Mas fique sabendo, Leonardo, que abusus non tolit usum.
        E não pense que isso é lei da Igreja: é um princípio jurídico do Direito Romano.
        O abuso não tolhe o uso. Por isso Leonardo que se alguém abusa do culto de dulia de um santo e de sua imagem, e passa da veneração a idolatria, isso é um abuso condenável que não proíbe nem invalida o culto de dulia — e não de latria — de um santo e de sua imagem.
        Erraram depois os judeus transformando-a em ídolo? Evidente que sim, e, por isso fez bem Ezequias em destruí-la.
        Portanto, enquanto não se adora uma imagem como se fosse Deus, é lícito tê-la e mesmo “olhar para ela para ser curado” como Deus mandou.
        Vendo-o, pois, os filhos dos profetas que estavam defronte em Jericó, disseram: O espírito de Elias repousa sobre Eliseu. E vieram-lhe ao encontro, e se prostraram diante dele em terra. (2Re 2:15 ACF)
        Desaprovação que muitos protestantes têm para com o costume católico de ter imagens religiosas e estátuas surge suspeita de que os católicos cometer o pecado de idolatria a adorá-los (o que é proibido em Êxodo e Deuteronômio 20,3-5 5.6. – 9). O que eu digo: Esse erro é muito mais amplo do que podemos imaginar.
        Veja que advertências contra a idolatria aparecem por toda a Bíblia (por exemplo, 33,52 Números, Deuteronômio 7,5, 25, 9,12, 12,3, 2 Reis 17,9-18, 23,24, 2 Crônicas 23:17 ; 28,1-3, 22,18-25, 34,1-7). Em 1 Coríntios 10,14 Paulo escreveu: ” Amados, Shun a adoração de ídolos “(Romanos 1,18-23).
        Mais saibas que Deus condena o pecado da idolatria, seja na forma de estátuas, coisas materiais, sexo, poder, tudo o que se torna um ídolo. Mas Ele não proíbe imagens religiosas, desde que sejam usados corretamente. Por exemplo, em Êxodo, capítulo 25, Deus ordena a Moisés a esculpir estátuas de anjos.
        ” Senhor falou a Moisés dizendo … Farás também dois querubins de ouro maciço, o que em ambas as extremidades do propiciatório: faça o querubim primeiro em uma extremidade e segundo na outra. A forma querubins um corpo com o propiciatório em suas duas extremidades. Eles vão estar com as asas estendidas acima, ofuscando o propiciatório com eles, frente a frente, com o rosto virado para a misericórdia … Não vou encontrar contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins sobre a arca do Testemunho você se comunica tudo o que tenho para te ordenar para os israelitas. “(Êxodo 25,1.18-20.22, ver também 26,1)
        Veja Leonardo que issto mostra claramente que há circunstâncias em que as imagens religiosas não são apenas permitidas, mas também muito agradável a Deus . Outro exemplo é descrito em mais incidente 1 Samuel 6,1-18. Em Êxodo 28,31-34 o Senhor ordenou que vestes sacerdotais de Arão adornados com imagens de romãs. Em Números 21,8-9 Ele ordenou a Moisés, para esculpir a imagem de uma cobra milagrosamente curado picadas de cobras venenosas (uma estranha prenúncio da cruz de Cristo [cf João 3:14). E em 2 Reis 18,4, quando as pessoas começaram a adorar a serpente de bronze, o rei imediatamente destruído. O que antes era uma imagem legítima sagrado tornou-se um objeto de idolatria. (Um conto de advertência para qualquer um tentado a superstição ou idolatria).
        Agora Leonardo observe o que Deus disse a Salomão, quando construiu o Templo:
        ” “Para esta casa que você está construindo, se você andar nos meus estatutos, de acordo com trabalhos meus juízos e manter todos os meus mandamentos para andar de acordo com eles, eu mantenho a minha palavra contigo, o que eu disse a Davi, teu pai, habitar entre os filhos de Israel e não desampararei o meu povo de Israel “Salomão construiu a casa, e terminou “(1 Reis 6,12-14).
        Entenda Leonardo que esta declaração é muito importante porque o templo continha um grande número de estátuas e imagens, incluindo anjos, árvores, flores, bois e leões (cf. 1 Reis 6,23-35, 7,25.36).Decisão de Salomão para incluir estas imagens religiosas veio o dom da sabedoria que Deus havia abençoado com (cf. 1 Rs 3,1-28). E longe de ser perturbado por estas imagens ” Senhor disse: “Eu ouvi a oração e súplica de ter executado antes de mim. Eu consagrei esta casa que você construiu para colocar o meu nome para sempre, e os meus olhos e meu coração estarão nele para sempre ” Y (1 Reis 9:3).
        Obviamente, Deus não teria abençoado Salomão e “santificado” seu templo cheio de estátuas e imagens, se ele não concorda com eles – mais uma prova de que as imagens podem ser bom quando usado para dirigir nossos pensamentos a Deus e às coisas mais altas .
        Lembre-se que São Paulo chama Cristo ” imagem do Deus invisível “(Colossenses 1:15). A palavra grega para “imagem” é Eikonos , da qual deriva a palavra “ícone”. Assim como manter imagens de nos
        sa família e amigos para lembrá-los, temos também estátuas e imagens de nossas casas e igrejas para lembrar-nos de nossa Senhor, da Virgem e dos Santos.

      • Caro William, vocês católicos são contraditórios desde a origem. Quando convém, citam e usam as Escrituras. Mas têm em suas doutrinas, muitas proposições hereticas. Afirmam que a Igreja está acima da Bíblia e ficam usando versículos bíblicos supondo algum respeito às sagradas letras. Sola scriptura! desmintam biblicamente as 95 teses de justificação pela fé pelo menos, pois esta é a razão primordial da existência do protestantismo uverdadeiro.

  4. Bom dia senhores, por curiosidade estava lendo sobre o artigo do site e achei legal sobre o tema abordado e do modo que foi colocado pelo autor. Infelizmente vi os comentários adicionados apos o tema. Tenho 24 anos sou cristão e pelo fundamento dessa discussão (sadia é claro) que eu resolvi abandonar a Igreja Presbiteriana. Si encher de teoria, seitas criadas por ‘homens’ e acabam esquecendo do principal que é Deus. ‘Sobre essa pedra edificarei minha igreja’ a pedra é Deus e a igreja somos nós isso é obvio a igreja não é católica, evangélica, espirita e nem outra somos nós. Deus amou o mundo, não amou as igrejas. Temos que nos armar contra o mal e não uns contra os outros. Amo muito o meu Deus tenho paixão pelas palavras ditas por quase todos os padres (são as melhores por passar uma paz inexplicável para a alma) e quem sou eu “Homem” para passar o que Deus disse para desarmar outros irmão que estão aqui para mostrar o amor INEXPLICÁVEL desse Deus.

    fica a dica.

    • Fico feliz que você tenha voltado a Casa do Pai(acho que entendi isso, ou não?), que é a Igreja Católica( Universal), Apostólica( pelos santos apóstolos Pedro e Paulo) e Romana( pois A Igreja venceu o império romano pelo sangue dos mártires). Veja que essa Pedra Fundamental é Pedro, minha cara Shelia, e logo, o Senhor Jesus Disse: “Pedro, tu és Pedra, e nessa Pedra eu Edificarei a minha Igreja). O termo “Igreja” é diferente do termo “igreja” com letra minúscula. A “Igreja” que somente é uma, a Católica, é a matéria verdadeira de Fé e Moral Cristã. Essa é a Única Igreja de Jesus Cristo. E o Senhor Jesus, deu as chaves para São pedro e seus santos Sucessores para que “Tudo o que ligares na Terra, ligarás no Céu”. Então minha cara, a Igreja é a Sã Doutrina ministrada pelos Apóstolos e seus sucessores( os atuais Papa, e Bispos somente da Igreja Católica) pois a linhagem sucessória não foi quebrada desde de o momento que o Senhor soprou o Seu Espírito Santo sobre os discípulos. Esse sopro é o “Sacramento da Ordem”. logo a “Igreja” com letra maiúscula é a Católica Apostólica Romana. A Única Igreja de Jesus Cristo. Agora a “igreja” com letra minúscula, concordo com você, somos “nós”, realmente. Coloco o “nós” entre aspas, pois nem todos querem ser “igreja”. A grande maioria prefere as coisas do mundo. A “igreja” são as pessoas que permitem que Deus habite dentro delas. E como se dá essa permissão? Vivendo a Fé. Recebendo os 7 Sacramentos ministrados somente pelos Sacerdotes Católicos que são: Batismo, Eucaristia, Crisma, Confissão, Matrimonio, Ordem e Unção dos Enfermos. Além disso, a “igreja” é quem pratica a Caridade, Santidade e Penitencia. É a “igreja” com letra minúscula, o que o catecismo da Igreja Católica(feito pelo Beato Papa João Paulo II) chama de “igreja domestica”. Então minha cara, a “igreja doméstica” deve sempre seguir o que determina a Igreja Católica Apostolica Romana. A diferença entre a as duas é que Uma é a Sã Doutrina deixada por Cristo e ministrada por seus Sacerdotes e a outra somos nós que devemos seguir essa São Doutrina por amor. Entendeu? Abraços minha cara.

      Obs. Leia o Catecismo da Igreja Católica, livro amarelo. Muito bom para esclarecer nossas dúvidas.

    • SHELIAH MINHA AMIGA OLHA PARABÉNS POR SAIR DESSA SEITA TI FAÇO UM CONVITE ME PROCURE E TI GARANTO QUE SÓ EXISTE UMA ÚNICA IGREJA VERDADEIRA DE NOME CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA

      OLHA SHELIAH EU TI DAREI MILHARES DE ESTUDOS E APOLOGÉTICAS E TI MOSTRAREI AS FALSIFICAÇÕES DAS SEITAS PROTESTANTES

      E TI GARANTO AMIGA ESTUDE A PATRÍSTICA QUE VOCÊ SE TORNA CATÓLICA
      OLHA VOU TI PASSAR A HISTÓRIA ECLESIÁSTICA DE EUSÉBIO DE CESARÉIA NASCIDO NO ANO 265 DA ERA CRISTA ELE FOI UM DOS MAIORES HISTORIADORES DA HUMANIDADE
      VOU TI PASSA A HISTORIA ECLESIÁSTICA TEM 10 VOLUMES COM 5000 MIL PAGINAS VOU TI MANDAR ENTRA NO SITE E BAIXE NO SEU COMPUTADOR E SE ENCANTE
      ME PROCURE SE VOCÊ QUISER E CONHECERÁS A GRANDEZA DA ÚNICA IGREJA FUNDADA POR JESUS CRISTO

      http://pt.scribd.com/doc/6451956/HISTORIA-ECLESIASTICA-Eusebio-de-Cesareia

  5. Salmos 89:5
    ouvir
    E os céus louvarão as tuas maravilhas, ó SENHOR, a tua fidelidade também na congregação dos santos.

    WILLIAM VAMOS AO ASSUNTO SOBRE OS SANTOS BIBLICAMENTE
    Olha WILLIAM pode ter toda certeza do mundo que a própria Escritura dá testemunho de que Abraão foi considerado justo pelos apóstolos (cf. Rm 4,3-9; Gl 3,9; Hb
    6,15; Tg 2,23). WILLIAM este reconhecimento de que Abraão estava no céu com Deus é um exemplo de canonização na própria Escritura e já na era apostólica.
    SOBRE ISSO WILLIAM MAIS DE 200 ESCRITOS QUE TESTIFICAM ISSO SÓ DO PRIMEIRO E SEGUNDO SÉCULO DA ERA CRISTÃ SEM UMA SÓ ÚNICA VOZ DISCORDE

    Agora WILLIAM vou ti da um outro exemplo que podemos citar na própria Escritura é a canonização de Estevão.
    Celia Regina Pinheiro assim diz a Escritura que era homem cheio do Espírito Santo (cf. At 6,8). Quando foi martirizado em nome da Fé em Cristo, viu a Glória do Cristo e pediu ao Senhor que recebesse o seu espírito (cf. At 7,55-59).

    AGORA EU TI PERGUNTO WILLIAM será que Estevão não foi para o céu? Claro que sim! E mais ele foi considerado santo pelo próprio apóstolo Paulo (cf. At 22,20), que assistiu a pregação de Estevão e corroborou com a sua morte.

    E OUTRA WILLIAM e o bom ladrão que reconheceu Cristo como seu Salvador e que o próprio Senhor prometeu levá-lo ao paraíso (Lc 23,43), por acaso WILLIAM não é um outro exemplo de canonização feita pela própria Escritura?

    OLHA WILLIAM a canonização não faz parte da doutrina católica, mas da práxis católica.

    O que faz parte da doutrina católica é a Comunhão dos Santos, não confundir.
    WILLIAM VOU TI CITAR por exemplo as obras conhecidas na antiguidade como hagiógrafos (atas da vida dos santos).

    Os hagiógrafos testificavam o reconhecimento pela Igreja de que uma determinada pessoa ou grupo de pessoas era santo e que já gozava da presença de Deus.
    E MAIS WILLIAM a Igreja desde os primeiros séculos reconhecia os mártires como santos (a exemplo de Estevão, considerado o primeiro mártir da Igreja).

    Ser um mártir da fé era um critério que não deixava dúvidas se uma pessoa devia ser considerada santa, isto é, um modelo na fé, um herói em Cristo e que estava no céu.

    Os hagiógrafos mais citados da antiguidade são as atas dos mártires de Lião (177 d.C) e do Martírio de S. Policarpo de Esmirna (250 d.C.), discípulo de S. João (1).
    Como se vê, WILLIAM a canonização dos santos, isto é, o reconhecimento de que uma pessoa venceu a corrida (cf. Cl 2,8) e que está com Deus, é uma prática que consta na Bíblia e que sempre foi observada pelos primeiros cristãos.

    WILLIAM assim diz as escrituras sagradas.
    Hebreus 13
    7. Lembrai-vos de vossos guias que vos pregaram a palavra de Deus. Considerai como souberam encerrar a carreira. E imitai-lhes a fé.

    OLHA WILLIAM Pinheiro

    Agora observe que venerar os Santos é uma ordem Bíblica, se eu lembro, considero e imito já estou venerando, a veneração respeitosa aos Santos e Anjos é uma doutrina já praticada no (AT).

    WILLIAM o Rei Davi em um ato de veneração compôs um cântico fúnebre para Saul e Jonathan após a morte deles.

    VEJA
    II Samuel 1
    Compôs então Davi o seguinte cântico fúnebre sobre Saul e seu filho Jônatas,
    Ordenando que fosse ensinado aos filhos de Judá. É o canto do Arco, que está escrito no Livro do Justo:

    Tua flor, Israel, pereceu nas alturas! Como tombaram os heróis?
    WILLIAM UM ABRAÇO AMIGO

    • Protestantes aprendam que em primeiro lugar, que nenhum dicionário é tratado de epistemologia, de hermenêutica ou de exegese.
      E saiba que qualquer estudo mais sério de sinonímia lhe dirá que não há sinônimo que seja absolutamente equivalente.
      Maurício herege também aprenda ainda, meu caro opositor, que se existem duas palavras distintas para designar algo ou uma ação, é porque cada uma delas dá um matiz diverso da coisa ou da ação designada. Se duas palavras são absolutamente idênticas, a língua tende a eliminar uma delas.
      Assim, adorar não é venerar, nem, muito menos, idolatrar.
      Cada uma dessas palavras tem sentidos diferentes.
      Se o seu “pai de burros” não faz essa distinção, é porque é um “Pai de burros” muito pouco sábio. E apesar de o mais famoso “pai de burros”, no Brasil, se chamar Aurélio, se o sr. compará-lo com qualquer “Pai de Burros ” estrangeiros, verá logo uma diferença… uma diferença… digamos… gigantesca olha (hesitei na escolha do adjetivo, e coloquei um muito vulgar, só para manter o respeito).
      Protestantes aprendam que adorar significa reconhecer como Deus, criador de todas as coisas.
      Já a palavra idolatrar, embora seu amigo Aurélio — que não mora aqui em casa — não explique isso, significa em certo sentido o oposto, pois designa a ação de adorar uma criatura em vez de adorar o Criador.
      Materialmente, a ação de adorar e a ação de idolatrar são idênticas.
      Formalmente são opostas.
      Mais o senhor certamente compreende a diferença entre matéria e forma, na consideração de uma ação. Mas, para auxiliar sua recordação e compreensão, dou-lhe um exemplo didático, visto que um especialista em dicionário e em leitura enviezada da Bíblia normalmente anda tão atarefado em decorar e citar a Escritura por “centímetros” e “milímetros”, que facilmente pode ter esquecido uma coisa tão primária.
      Ademais, o “pai dos burros” nacionais, ou mesmo seus eqüivalentes estrangeiros, não trata disso.
      Pois veja lá, um exemplo didático :
      Um médico que opera o coração de um doente e um assassino, materialmente, agem de da mesma forma: abrem o peito de um ser humano com instrumento perfurador e cortante (bisturi ou punhal). Entretanto, formalmente suas ações são opostas, pois um tem por fim curar o homem de quem abriu o peito — (É o médico, entendeu,? ) — enquanto o outro visa tirar a vida de quem abriu o peito com o punhal. (É o assassino, está claro,?).
      Assim quem adora a Deus e quem adora o ídolo materialmente fazem as mesmas coisas, que formalmente são opostas.
      Por isso é que existem as palavras adorar e idolatrar.
      Pois é o pobre Aurélio diz que adorar, venerar, idolatrar, amar extremamente são sinônimos.
      O senhor é que me garante isso. E quem o seguisse, e seguisse seu modo enviezado de ler, concluiria que, quando alguém diz:
      “Eu adoro chocolate”, estaria considerando que chocolate é o Criador do céu e da terra.
      E quando o senhor mesmo dissesse: “Amo extremamente meus filhos”, estaria — na opinião do Aurélio — cometendo ato de idolatria, já que para ele, e para o senhor, amar extremamente é o mesmo que adorar.
      Maurício senhor é evangélico e não protestante.
      Isso é falso, Maurício.
      O PROTESTANTES SÃO CHAMADOS DE protestante mesmo. POIS não existe a religião “evangélica”. Esse adjetivo é falsamente usado pelas seitas protestantes muito hoje em dia.

      As seitas protestantes se esconde, por trás do adjetivo “evangélico”, que é vago demais.
      Pois nele cabem os luteranos que crêem que Cristo é Deus.
      Nele se escondem também os Testemunhas de Jeová que não crêem na divindade de Cristo.
      Há milhares de seitas que se dizem evangélicas, cada uma acreditando ser a única verdadeira igreja.
      Na verdade os protestantes, são filho de Lutero. E não é preciso ser alemão para ser protestante, isto é, para ser filho de Lutero.
      Há, infelizmente, brasileiros filhos dele (e do dicionário).
      Os protestantes não anda bem da lógica.
      O dicionário e a leitura enviezada da Bíblia andam lhe causando “reumatimo na imaginativa”,.
      Vou da uma prova?
      Os protestantes costumam sempre citar o texto do II livro dos Reis (XVIII, 3-4) para provar que o Rei Ezequias destruiu a serpente de bronze feita por Moisés.
      Obrigado pela prova de que tenho razão.
      Pois o que prova esse texto que as seitas citam?
      Prova:
      1) Que Moisés fizera de fato uma serpente de bronze;
      2) que essa serpente fora conservada pelos judeus durante longo tempo;
      3) que eles acabaram por adorá-la ou a prestar-lhe culto indevido;
      4) que por isso, Ezequias a quebrou.
      Agora eu digo? Teria agido mal Moisés ao fazer a serpente de bronze?
      É claro que não, pois foi o próprio Deus quem ordenou fazê-la e olhar para ela para que os judeus se curassem.
      Erraram os judeus conservando-a? É evidente que não, porque mostravam gratidão e obediência a Deus.
      E entre os que conservaram estavam Moisés, Josué, os Juízes, Daví, Salomão.
      Será que todos eles estavam errados? Será que nenhum deles tinha um “Aurélio” — um dicionário à mão para saber que adorar, venerar, reverenciar, amar extremamente é tudo a mesma coisa?
      E nenhum deles contou com um sábio protestante para aconselhá-lo?
      Por que, durante tantos séculos, Deus e seus enviados permitiram que se guardasse a serpente de bronze?
      É evidente que permitiram porque ela não era adorada. Quando a transformaram abusivamente em ídolo, Ezequias a destruiu.
      Mas fique sabendo, herege Maurício, que abusus non tolit usum.
      E não pense que isso é lei da Igreja: é um princípio jurídico do Direito Romano.
      O abuso não tolhe o uso. Saibas Maurício que se alguém abusa do culto de dulia de um santo e de sua imagem, e passa da veneração a idolatria, isso é um abuso condenável que não proíbe nem invalida o culto de dulia — e não de latria — de um santo e de sua imagem.
      Erraram depois os judeus transformando-a em ídolo? Evidente que sim, e, por isso fez bem Ezequias em destruí-la.
      Portanto, enquanto não se adora uma imagem como se fosse Deus, é lícito tê-la e mesmo “olhar para ela para ser curado” como Deus mandou.
      E nenhum católico de verdade olha para uma imagem de Nossa Senhora e dos santos julgando que sejam Deus e adorando essas imagens.
      Nós as veneramos tal qual o senhor venera o retrato de sua mãe.
      E mais quando rezamos para Nossa Senhora, só repetimos o texto de São Lucas que lhe citei no começo desta carta. E que o senhor certamente recusa repetir.
      Em São Lucas se lê ainda: “Todas as gerações me chamarão de bem aventurada” (Luc. I,48)

      Todas as gerações chamarão a Virgem Maria de bem aventurada. Menos As seitas protestantes.

      Para corrigir OS PROTESTANTES mostrando-lhe (pela Palavra) que para chegar a Deus r só pode fazê-lo por meio de Cristo. Pois vou fazê-lo.
      Pergunto-lhe, antes de tudo: Como é que Os protestantes soube que Cristo é nosso único mediador?

      Por acaso Cristo apareceu ao senhor a Lutero ou Calvino?
      Eu não acredito.

      Cristo não parece para qualquer um.
      Agora me dirá que conheceu Cristo lendo os evangelhos.
      Por meio dos evangelhos.

      Mas, então, houve um meio estabelecido pelo próprio Cristo para conhecer a Ele.
      Nosso Senhor Jesus Cristo escolheu doze apóstolos para ensinar a todos quem Ele era, e quem não ouve esses mediadores de Cristo, não ouve o próprio Cristo:
      “Quem vos ouve, a Mim ouve” (Lc, X, 16). Cristo exigiu que ouvíssemos seus apóstolos e evangelistas como “mediadores segundos”, entre Deus e nós.
      E a Pedro Ele disse: “E tu, depois de convertido confirma teus irmãos”.
      Protestantes a nenhum outro Ele deu essa missão.

      E todos os protestantes , recusam— ser confirmado por Pedro
      Olha do primeiro século da era cristã até o ano 1480 não existe nada mais nada que conteste ou contestou o primado de Pedro fabulas contra o primado só surgiu com a vinda do protestantismo ao mundo com Lutero se você duvida me mostre uma só prova com escritor da época do ocorrido dos fatos!
      Cristo poderia ter vindo ao mundo adulto. Mais quis vir por meio de Maria Santíssima. E VOCÊ NÃO aceita o que Deus estabeleceu, porque você Maurício, é um especialista em dicionário, e acha que entende a Bíblia e só aceita da Bíblia o que ele você, acha certo, e só é certo o que você acha.
      Mais uma vez saibas que todo protestante diz que crê na Bíblia, mas seleciona o que quer crer na Bíblia. O protestante diz que crê na Bíblia, mas não crê no que ela diz.
      Por isso os protestantes fazem da Bíblia um ídolo.
      você quer mais uma prova de que o senhor não aceita tudo o que há na Escritura?
      Veja o nosso Senhor Jesus Cristo, na hora de sua morte no Calvário, deixou-nos Maria Santíssima por mãe, ao dizer a ela e a São João: “Mulher, eis aí teu filho.(…) Filho, eis aí tua mãe” (Jo XIX, 26-27).
      Na sua Bíblia, Maurício, existe esse texto?
      Claro que existe!
      Só que esse texto o senhor não aceita, porque não quer aceitar Maria Santíssima como sua mãe.
      Pois fique sabendo, que só tem a Deus por Pai, quem tem Maria por Mãe.
      Se aceitar aquela que Deus escolheu como meio para vir até nós.
      Se aceitar que Cristo a estabeleceu como medianeira entre Ele e nós. Por isso está dito que aos pastores e aos reis foi indicado que deveriam encontrar o Redentor com sua mãe.
      E o senhor pensa, bem erradamente, que poderá encontrar a Cristo desprezando a Mãe santíssima dEle.
      E você pensa que poderá haver uma Igreja de Cristo fora do fundamento que Ele mesmo estabeleceu: “Tu és pedra e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” (Mt. XVI).
      Protestantes me diga? Qual a sua igreja? Quem a fundou? Desde quando ela existe?
      Se ela não foi estabelecida sobre Pedro, ela não é a Igreja única de Cristo.
      É por isso que a Igreja Católica é a única Igreja de Deus, a única verdadeira, fora da qual não há salvação.
      Sim, “a verdade vos libertará”, disse-nos Jesus. E o herege Maurício continua atado em seus preconceitos, que são os óculos que deturpam o que o senhor lê.
      Maurício a verdade nos liberta. E a verdade, só a possui íntegra e perfeitamente a Igreja Católica Apostólica Romana, fora da qual não há salvação.

  6. Edmilson,

    Muito bom esse estudo sobre o termo ( Naquele Dia). Realmente, ninguém sabe a Data desse grande e Terrível Dia( (Aquele Dia), porém Deus direciona algumas datas nas sagradas escrituras que servem de parâmetro de tempo para indicar que não estamos muito longe da Segunda Vinda de Jesus Cristo, (como muitos pensam que vai demorar mais de 50 anos, por exemplo). Veja o exemplo de Nínive: Deus deu uma data( 40 dias), e realmente, se o ninivitas não fizessem Jejum e orações, Deus teria destruído em 40 dias mesmo. Como podemos ver na Bíblia, Deus teve “paciência” e prorrogou essa destruição, visto que o povo se arrependeu. Sabemos por dados históricos que Nínive foi destruída anos mais tarde, por que a outra geração não seguiu o mesmo arrependimento dos antepassados . Agora eu te pergunto: Será que as datas nos livros de Daniel, de Apocalipse, juntando com revelações individuais como, Padre Gobby, São malaquias e recados do Aarão não são comparados aos mesmos(40 dias) de Nínive? A história não está se repetindo? Eu creio que seja e que sim, a história está se repetindo. A qualquer momento, diz em nosso catecismo, o Senhor pode voltar. O que segura esse Dia Grandioso é a Misericórdia de Deus para com as pessoas que podem vir a se arrepender ainda( completar o número dos escolhidos. E nada me faz contrariar que nesse último dia 21/12/2012( que é uma profecia pagã, dos maias) Deus usou dessa informação para alertar a Humanidade que a Vinda de Jesus está mais próxima do que imaginamos. E fora outras datas de fim de mundo desde 1850( através dos adventistas), outras tantas que tivemos que não se cumpriram. Deus tira de um mal um benefício maior ainda. Essas pessoas erraram em definir uma data para o Grande Dia, porém esses erros servem de alerta de que uma hora a coisa vai acontecer.

    • WILLIAM OLHA MEU AMIGO ESSA SIM É A ÚNICA IGREJA VERDADEIRA

      Cristo só fundou uma única Igreja

      Diz Cristo: “Sobre esta pedra edificarei a minha Igreja” (Mt 16,18). “Se não escutar a Igreja, seja ele para ti como gentio e publicano” (Mt 18,17). Cristo fala de um único rebanho e de um só pastor (Jo 10,16), de uma única videira (Jo 15), do reino dos céus na terra (Mt 13,24.47).

      Os Apóstolos falam de uma única Igreja, que Cristo amou e pela qual se entregou (Ef 5, 25.27.32), de um único corpo de Cristo (l Cor 12,20; Cl 1,18), de uma só esposa (Ap 21,9). Os coríntios se tinham dividido em partidos. São Paulo exclama: “Estará porventura Cristo dividido?” (l Cor 1,13).

      Comenta Clemente de Alexandria: “Há um só Pai de todos, um único Verbo para todos e um só Espírito Santo que está em toda parte. E há, outrossim, uma só e única virgem mãe que eu chamo a Igreja”.

      A Igreja de Cristo é a Igreja Católica

      Jesus Cristo, Nosso Salvador, fundou apenas uma Igreja, não várias, como é desejo dos hereges. Ele fundou a Igreja Católica Apostólica Romana:

      “Cabe ao Filho realizar, na plenitude dos tempos, o plano de salvação de seu Pai. este é o motivo de sua missão. O Senhor Jesus iniciou sua Igreja pregando a Boa Nova, isto e, o advento do Reino de Deus prometido nas Escrituras havia séculos” (Catecismo da Igreja Católica, 763).

      Os pastores evangélicos, em geral, costumam apontar o dedo para o próprio peito dizendo serem eles a “pedra” sobre a qual Cristo Jesus fundou a Sua Igreja; outros bem mais “cultos” e “místicos”, dizem que a “Igreja” está dentro do coração, e aquele que “aceitar” Jesus, pertence à Igreja de Nosso Senhor.

      São Cipriano que não era herege, ambicioso nem enganador diz: “Cristo edifica a Igreja sobre Pedro. Encarrega-o de apascentar-lhe as ovelhas. A Pedro é entregue o primado para que seja uma Igreja e uma cátedra de Cristo. Quem abandona a cátedra de Pedro, sobre a qual foi fundada a Igreja, não pode pensar em pertencer à Igreja de Cristo” (De un. Eccl. cap. IV), e: “Pedro é o vértice, o chefe dos Apóstolos” (I Concílio de Nicéia).

      Por mais que os hereges gritem, apontem o dedo e mentem, não dá para enganar aquele católico bem instruído; só escorregam em suas salivas, aqueles que se dizem católicos e que vivem às margens da Igreja: “Quando Jesus Cristo diz: “Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei A MINHA IGREJA, e as portas do inferno não prevalecerão contra ELA” (Mt 16, 18) a que Igreja se refere? Não é ao Protestantismo, nem a nenhuma Igreja protestante em particular, porque as Igrejas protestantes só começaram a existir no século XVI.

      Refere-se, sem dúvida alguma, à IGREJA CATÓLICA; é fácil demonstrá-lo.
      Logo nos inícios da Igreja, os seguidores de Cristo foram designados com o nome de cristãos. Assim podiam distinguir-se dos filósofos pagãos e dos judeus ou seguidores da sinagoga.

      Este nome de cristãos como se sabe, já vem na própria Bíblia, e tal denominação começou em Antioquia: “em Antioquia é que foram os discípulos denominados CRISTÃOS, pela primeira vez” (At 11, 26), “Então Agripa disse a Paulo: Por pouco me não persuade a fazer-me CRISTÃO” (At 26, 28). “Se padece como CRISTÃO, não se envergonhe; mas glorifique a Deus neste nome” (1Pd 4, 16).

      Aconteceu, porém que, tão logo a Igreja começou a propagar-se, começaram a aparecer os hereges, seguindo doutrinas diversas daquela que tinha sido recebida dos Apóstolos, mas tomando o nome de cristãos, pois também criam em Cristo e d’Ele se diziam discípulos. Era preciso, portanto, um novo nome para designar a verdadeira Igreja, distinguindo-a dos hereges.

      E desde tempos antiquíssimos, desde os tempos dos Apóstolos, a Igreja começou a ser designada como IGREJA CATÓLICA, isto é, UNIVERSAL, a Igreja que está espalhada por toda a parte, para diferençá-la dos hereges, pertencentes à igrejinhas isoladas que existiam aqui e acolá. Assim é que já Santo Inácio de Antioquia, que foi contemporâneo dos Apóstolos, pois nasceu mais ou menos no ano 35 da era cristã e, segundo Eusébio de Cesaréia no seu Chrónicon, foi bispo de Antioquia, entre os anos 70 e 107,

      Já Santo Inácio nos fala abertamente da Igreja Católica, na sua Epístola aos Esmirnenses: “Onde comparecer o Bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que, onde estiver Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA” (Epístola aos Esmirnenses c 8, 2).

      Outro contemporâneo dos Apóstolos foi São Policarpo, bispo de Esmirna, que nasceu no ano 69 e foi discípulo de São João Evangelista. Quando São Policarpo recebeu a palma do martírio, a Igreja de Esmirna escreveu uma carta que é assim endereçada: “A Igreja de Deus que peregrina em Esmirna à Igreja de Deus que peregrina em Filomélio e a todas as paróquias da IGREJA SANTA E CATÓLICA em todo o mundo”.

      Nessa mesma Epístola se fala de uma oração feita por São Policarpo, na qual ele “fez menção de todos quantos em sua vida tiveram trato com ele, pequenos e grandes, ilustres e humildes, e especialmente de toda a IGREJA CATÓLICA, espalhada por toda a terra” (c. 8).

      O Fragmento Muratoriano que é uma lista feita no segundo século, dos livros do Cânon do Novo Testamento fala em livros apócrifos que “não podem ser recebidos na IGREJA CATÓLICA”.

      São Clemente de Alexandria (também do século segundo) responde à objeção dos infiéis que perguntam: “como se pode crer, se há tanta divergência de heresias, e assim a própria verdade nos distrai e fatiga, pois outros estabelecem outros dogmas?”

      Depois de mostrar vários sinais pelos quais se distingue das heresias a verdadeira Igreja, assim conclui São Clemente: “Não só pela essência, mas também pela opinião, pelo princípio pela excelência, só há uma Igreja antiga e é a IGREJA CATÓLICA.

      Das heresias, umas se chamam pelo nome de um homem, como as que são chamadas por Valentino, Marcião e Basílides; outras, pelo lugar donde vieram, como os Peráticos; outras do povo, como a heresia dos Frígios; outras, de alguma operação, como os Encratistas; outras, de seus próprios ensino, como os Docetas e Hematistas”. (Stromata 1.7. c. 15).

      O mesmo argumento podemos formular hoje. Há uma só Igreja que vem do princípio: é a IGREJA CATÓLICA. As seitas protestantes, umas são chamadas pelos nomes dos homens que as fundaram, ou cujas opiniões seguem, como: Luteranos (de Lutero), Calvinistas (de Calvino), Zuinglianos (de Zuínglio), etc.

      Outras, do lugar donde vieram: Igreja Livre Evangélica Sueca, Irmão de Plymouth;
      Outras, de um povo: Anglicanos (da Inglaterra), Irmãos Moravos (da Morávia);

      No século III, Firmiliano, bispo de Capadócia, diz assim: “Há uma só esposa de Cristo que é a IGREJA CATÓLICA” (Ep. De Firmiliano nº 14).
      Na história do martírio de São Piônio (morto em 251) se lê que Polemon o interroga:
      — Como és chamado?
      — Cristão.
      — De que igreja?
      — Católica (Ruinart. Acta martyrum pág. 122 nº 9).
      São Frutuoso, martirizado no ano 259, diz: é necessário que eu tenha em mente a IGREJA CATÓLICA, difundida desde o Oriente até o Ocidente” (Ruinart. Acta martyrum pág 192 nº 3).

      Lactâncio, convertido ao cristianismo no ano 300, diz: “Só a IGREJA CATÓLICA é que conserva o verdadeiro culto. Esta é a fonte da verdade; do qual se alguém sair, está privado da esperança de vida e salvação eterna” (Livro 4º cap. III).

      São Paciano de Barcelona (morto no ano 392) escreve na sua epístola a Simprônio: “Como, depois dos Apóstolos, apareceram as heresias e com nomes diversos procuram cindir e dilacerar em partes aquela que é a rainha, a pomba de Deus, não exigia um sobrenome o povo apostólico, para que se distinguisse a unidade do povo que não se corrompeu pelo erro?…

      Portanto, entrando por acaso hoje numa cidade populosa e encontrando marcionistas, apolinarianos, catafrígios, novacianos e outros deste gênero, que se chamam cristãos, com que sobrenome eu reconheceria a congregação de meu povo, se não se chamasse CATÓLICA?

      (Epísola a Simprônio nº 3). E mais adiante, na mesma epístola: “Cristão é o meu nome; CATÓLICO, o sobrenome” (idem nº 4).
      São Cirilo de Jerusalém (do mesmo século IV) assim instruiu os catecúmenos “Se algum dia peregrinares pelas cidades, não indagues simplesmente onde está a casa do Senhor, porque também as outras seitas de ímpios e as heresias querem coonestar com o nome de casa do Senhor, as suas espeluncas; nem perguntes simplesmente onde está a igreja, mas onde está a IGREJA CATÓLICA;

      Este é o NOME PRÓPRIO desta SANTA MÃE de todos nós, que é também a ESPOSA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO” (Instrução Catequética c. 18; nº 26).

      Santo Agostinho (do séc V) dizia: “Deve ser seguida por nós aquela religião cristã, a comunhão daquela Igreja que é a CATÓLICA, e CATÓLICA, é chamada não só pelos seus, mas também por todos os seus inimigos” (Verdadeira religião c 7; nº 12).

      E quando o Concílio de Constantinopla, no ano de 381, colocou, no seu Símbolo estas palavras: “Cremos na Igreja Una, Santa, CATÓLICA e Apostólica”, isto não constituía novidade alguma, pois já desde tempo antiquíssimo, se vinha recitando no Credo ou Símbolo dos Apóstolos: creio na Santa Igreja CATÓLICA.

      Vemos, portanto, na história do Cristianismo, o contraste evidente entre aquela igreja que veio desde o princípio e logo se espalhou por toda a parte (Ide, pois, e ensinais todas as gentes – Mt 28, 19) e que desde o começo foi chamada CATÓLICA,

      segundo o que acabamos de demonstrar, e as heresias que foram aparecendo no decorrer dos séculos, discordando deste ou daquele ponto, inventadas por um homem qualquer, mas todas levadas de vencida pela Igreja, pois ou desapareceram por completo ou ficaram reduzidas em número de adeptos que logo mergulharam no esquecimento.

      Chega esta Igreja ao séc. XVI. Aparece então Martinho Lutero, pretendendo afirmar que esta Igreja está completamente afogada no erro e é preciso fazer uma reforma doutrinária. Queremos aqui fazer apenas uma pergunta ao “inspirado” e “esclarecido” Lutero: “Como é que Cristo deixou durante tantos séculos a sua Igreja mergulhada completamente no erro, e só no séc. XVI fez aparecerem os “inspirados” e “esclarecidos” doutrinários da verdade: Onde está a Providência Divina com relação à obra de Deus que é a sua Igreja?

      Se tal desastre se tivesse verificado, então teria falhado completamente a promessa de Cristo: “E as portas do inferno não prevalecerão CONTRA ELA” (Mt 16, 18).
      “Nem toda a água do rio Elba daria lágrimas bastante para chorar a desgraça da Reforma” (Melanchton, amigo de Lutero)” (Lúcio Navarro, Legítima Interpretação da Bíblia).

      Católico, tampe os ouvidos diante dos uivos dos lobos que trabalham furiosamente para arrancar-te do seio da Verdadeira Igreja, não lhes dê ouvidos, mas lembre-se com freqüência de que Cristo Jesus é o Santo Fundador da Única Igreja, e por mais que lancem pedras sobre ela, jamais a destruirão: “Cristo é o único Senhor da Igreja. Ela lhe pertence, pois é ele quem a edifica. É Pedro, porém, quem lhe guarda as chaves – para abrir – fechar – cerrar – excluir. Inimigos ardilosos, que a não conseguiram suplantar em campo aberto – tentarão – introduzir-se à socapa em seu seio, procurando combatê-la e destruí-la pelo interno” (Alfred Barth, Enciclopédia Catequética, Vol. II).

      Ame, sirva e defenda a Igreja Católica, Cristo Jesus deu a vida por ela: “Com a vitória da cruz, ele adquiriu para si o poder e o domínio sobre todas as gentes” (Santo Tomás de Aquino, Summa Theol., III, 42, 1), e: “Aquele que, feito homem, se tornara cabeça e senhor da humanidade, ora resgatou seu povo com seu Sangue – libertou-o – remiu-o – fê-lo seu. O véu do templo – a antiga aliança – rasgou-se” (Leão I, Serm., 68, 3), e também: “Amem esta Igreja, sejam essa Igreja, fiquem na Igreja! E amem o Esposo!” (Santo Agostinho).

    • O falsário tradutor protestante, João Ferreira de Almeida, adulterou as já incompletas bíblias protestantes, colocando o termo “Imagens de Escultura” onde nos originais constam ÍDOLO, para fazer confusão.
      Se examinarmos o texto original hebraico, notaremos que em ambas as citações do Êxodo e do Deteuronônio falam claramente que aquilo que os protestantes e suas más traduções traduzem por “IMAGENS DE ESCULTURA”, na verdade, deveria ser traduzido por ÍDOLOS, pois a palavra hebraica utilizada é “PESEL” que se traduz no grego por “ÊIDOLON” e em português por ÍDOLO.
      Esta é uma dentre as muitas querelas que, examinadas a fundo, a Igreja Católica está claramente com a razão.
      Como poderia Deus proibir “imagens de escultura” se mandou construir duas para colocar sobre a arca da aliança que guardavam as tábuas, que na verdade proíbem ÍDOLOS????
      Vou mostrar alguns exemplos das falsificações protestantes estão em (Isaías 44,9-10,15,17).
      O falsário protestante, além de enfiar “imagem de escultura” onde consta ÍDOLO, ainda enfiou criminosamente a palavra “procissão” em (Is 45,20).
      Mas não conseguiu adulterar os versículos seguintes, que restauram o sentido verdadeiro dos originais, com o ídolo de Micas, que não era mais um deus, transformado em “imagem de escultura” para a casa de Deus, veja:
      “E os filhos de Dã levantaram para si aquela IMAGEM DE ESCULTURA, e Jônatas, filho de Gérson, o filho de Manassés, ele e seus filhos foram sacerdotes da tribo dos danitas, até ao dia do cativeiro da terra. Assim, pois, A IMAGEM DE ESCULTURA, que fizera Mica, estabeleceram para si, todos os dias que a casa de Deus esteve em Siló” (Jz 18,30-31). (conf. Bíblia J. Ferreira).
      Agora se Deus só proibia figura de si, enquanto ninguém o viu naquele instante no monte Horebe (Dt 4,15-19), se o esculpissem estariam mentindo, se o comparassem com as figuras que Ele descreve, podendo incorrer na fabricação da imagem de um falso deus pagão.
      Mas logo, muitos viram Deus: Jacó viu Deus cara a cara (Gênesis 32,30); Moisés e os anciões de Israel viram Deus (Êxodo 24,9-11); Deus falou com Moisés cara a cara (Êxodo 33,11) (Deuteronômio 34,10); Ezequiel viu Deus em uma visão (Ezequiel 1,27-28). Com o passar do tempo, relata a bíblia:
      … “Assim, pois, A IMAGEM DE ESCULTURA, que fizera Mica, estabeleceram para si, todos os dias que a casa de Deus esteve em Siló” (Jz 18,30-31). (conf. Bíblia J. Ferreira).
      E mais sem jamais esquecer que todos utensílios para o altar e o altar ungidos(consagrados) se tornam coisas santas:
      “Tomarás o óleo de unção e ungirás com ele o tabernáculo com tudo o que ele contém; consagrá-lo-ás com todo o seu mobiliário para que ele se torne uma coisa santa.
      Ungirás o altar dos holocaustos e todos os seus utensílios; em virtude de tua consagração, o altar se tornará uma coisa santíssima.” (Ex 40, 9-10)

  7. Edmilson olha de todas as apologéticas que já li e pesquisei em sites católicos
    essa foi sem dúvida a que mais me convenceu maravilhosamente a ponto de me emocionar
    muito obrigado e parabéns por essa excelente aula bíblica

  8. Com certeza irmão, o purgatório existe sim. Esse excelente estudo que você colocou acima( que eu fiquei babando rsrs, muito bom realmente), mostra claramente a existência do purgatório. Se não existisse, com certeza praticamente todos pereceriam no inferno. O purgatório é a misericórdia de Deus.

    No Site http://www.recadosaarao.com.br, você pode encontrar livro a preço de custo, escrito por membros desse movimento descrevendo a experiência que eles tem quando rezam pelas almas, nos cemitérios. Um irmão chamado cláudio, que tem o carisma, descreve varias histórias de pessoas que estão no purgatório contando suas vidas que tiveram aqui na terra e o porque de estarem anos no purgatório. Eles fizeram vários livros sobre o assunto, vale a pena encomendar irmão. É baratinho, os livros, você pede e eles enviam em sua casa. Existe histórias de sacerdotes no purgatório, leigos, até de Papas. Muito bom mesmo.

    E é isso, além do purgatório, existe o inferno. Poucos se perdem eternamente, mas existe sim o inferno e quem conta a história das almas condenadas no Inferno ao cláudio, é o Próprio Arcanjo São Miguel. Esse irmão cláudio tem um carisma parecido com o do Padre Pio. É muito bom

    E parabéns por esse estudo, muito bom. Só não encherga quem não quer. Precisamos fazer de tudo para ficar na graça santificante, penitenciar a alma,caridade ao extremo e participar sempre da Santa Missa em estado de Graça, assim passaremos pouco tempo no purgatório.

    valeu, abraços

    • AMIGA MARIANNNA É SIMPLES E FÁCIL A SUA PERGUNTA OLHA PADRES QUE SE CASAM NA ORTODOXA E NA CATÓLICA NÃO

      SAIBAS QUE ISSO É APENAS UMA LEI DETERMINADA

      OU SE VOCÊ QUISER CHAMAR PODE TAMBÉM SER CHAMADA DE UMA LEIA OU ORDEM ADMINISTRATIVA

      QUE NÃO É UM DOGMA DE LEI PARA SEMPRE

      MARIANNNA SAIBAS QUE

      SE O PAPA ORDENASSE HOJE AGORA QUE OS PADRES PODERIAM SE CASAR NA IGREJA CATÓLICA ELES PODERIAM SE CASAR NORMALMENTE SEM PROBLEMA ALGUM

      MARIANNNA AGORA SE ENTRASSE OUTRO PAPA E NOVAMENTE PROIBISSE O CASAMENTO ENTRE OS PADRES PODERIA FAZER E ORDENAR ESSA LEIA SEM PROBLEMA ALGUM

      MARIANNNA SAIBAS QUE NA IGREJA CATÓLICA OS PADRES NÃO SE CASAM

      POR QUE FICA MUITO DIFÍCIL ADMINISTRAR UMA IGREJA EM GERAL QUE TEM ENTRE COMUNIDADES REUNIÕES ETC…

      E AO MESMO TEMPO LEVAR FILHOS PARA O HOSPITAL ESCOLA ETC…

      O RESTO AMIGA MARIANNNA É CONVERSA FIADA LEIA SEMPRE OS ESCRITOS ORIGINAIS CUIDADO COM AS FABULAS PROTESTANTES

      • A igreja não é a nossa casa ou um bolo de chocolate que quando você não quer mais, você muda.

        Não é assim não caro Edmilson. Não é assim que funciona!

        O satanás tem muitas faces: faces de anjos, de homens, de animais, de pessoas mortas. Duvida? pergunte para quem tem esse carisma de ver, eles te dirão.

        O Celibato é uma Regra Estabelecida por Jesus Cristo, que disse: Céus e Terras passarão, mas minhas palavras não passarão. Ou seja, quem quer agradar a Deus extremamente, não deve aceitar mudanças na SANTA IGREJA.

        Mas quem vai dar crédito hoje em dia, com a calamidade causada pelo Concilio Vaticano II que induz o povo ao pecado, a não acreditar na existência do Inferno, Purgatório, Demônios e alma.

        O que se acredita hoje em dia na Igreja é que todos vão salvar-se e que Deus perdoa tudo. Não é bem por ae não.

        Existem almas no inferno e existem almas no Purgatório. Não é tão simplis assim ver a Face de Deus( para os do purgatório).

        Pense Nisso, a apostasia na Igreja é clara! Não não encherga quem não quer! O Fim dos Tempos é agora e Jesus Voltará a Qualquer momento.

        • CONCORDO COM VC WILLIAN

          NESSES 2000 MIL ANOS DE IGREJA CATÓLICA NÃO EXISTE UM SÓ ERRO DE DOGMA

          MAIS SOBRE A QUESTÃO CELIBATO MEU AMIGO

          SOBRE PADRES NÃO CASAREM NÃO É DOGMA E PODE SIM SER MUDADO

          MAIS COMO ISSO NUNCA ACONTECEU A IGREJA PREFERE MANTER ISSO

          ME PROCURE E ME DEIXE SEU MAIL TI PASSAREI MILHARES DE DOCUMENTOS E ENSINOS SOBRE A IGREJA FUNDADA POR CRISTO

          UM ABRAÇO

          • Edmilson,

            Se o objetivo da nossa existência é amar a Deus sobre todas as coisas, devemos observar o que Jesus Cristo estabeleceu. Não é um dogma, mas é o desejo de Deus para cada vocacionado. Jesus Cristo infunde no coração do vocacionado o desejo da castidade e da pobreza. Ora, se o próprio Deus se encarnou, deixando o Trono da Glória, e ainda viveu extremamente a Obediência a Ele Mesmo( o Pai, Filho e Espírito Santo), a castidade e a pobreza, por que a Igreja vai mudar? Ela pode até mudar, mas com certeza, não será o Verdadeiro Pedro, e sim o falso papa, servo do anticristo cahmado maçonaria eclesiástica e iluminates. Jesus deu esse exemplo para que os sacerdotes e religiosos que aceitaram o convite da vida casta, Segui-Lo. Nem precisa ser dogma. O Senhor Jesus deixou claro pelo Evangélio. Veja evangélio de São Mateus Cap 19.29: “Todo aquele que deixar casa, irmãos, irmãs, pai, mãe, esposa, filhos, ou propriedades, para Me seguir, receberá cem vezes mais e terá a vida eterna”.
            A questão de mudar já pertence a modernidade, que visa mudar para o caminho largo. É uma evolução diabólica. Ao invés de progredir no sentido do caminho estreito, que leva a Salvação. Liberar o casamento para padres e religiosos, ordenação de mulheres, casamento de homosexuais e por ae vai, só vai aumentar a Ira de Deus, que não demorará muito para se manifestar. E essas mudanças diabólicas são frutos do concílio vaticano II e visam eliminar os sacramentos também, principalmente a Eucaristia.

            Veja Edmilson, que lodaçal esse concílio vaticano II vai penetrando idéias mundanas na Santa Igreja, baseado, logicamente em brechas como esta” não é dogma”, para implantar a falsa igreja eucumênica e assim eliminar o nome de JESUS CRISTO. É muito astuto esse diabo!

            Bom, fica a dica. Vamos vigiar, pois as mudanças diabólicas como essa do celibato, entrará em curso, e assim a Ira de deus Pai será derramada.

            Abraços

        • William me tire uma duvida?
          você é o mesmo William no qual debati e o refutei milhares de vezes nesse site e depois sumiu?

          você era protestante e se converteu ao catolicismo?

          ou você é um outro William?

        • WILLIAM VOCÊ É MUITO INTELIGENTE VOU TI DA UM CONSELHO ESPALHE ESSE SITES COMO LEPANTO E DO CRIS MACABEUS PARA SEUS AMIGOS

          ENSINE E MOSTRE A PATRÍSTICA A IGREJA TA VOLTADO A CRESCER NO MUNDO NOS ESTADOS UNIDOS CRESCEU MUITO NESSES 20 ANOS POR CAUSA DA PATRÍSTICA

          VAMOS NOS UNIR COM FORÇA AMOR E GUARRA E LIDERANÇA PRECISAMOS MUITO DE MOSTRAR O QUE REALMENTE PREGA E ENSINA A IGREJA CATÓLICA

          • Obrigado irmão, pelo Elogio. Isso que eu tenho é Dom do Pai, Ele me deu isso numa Santa Missa, quando o Sacerdote, em Sua Santa Homilia, instruiu o Povo de Deus a ler as Sagradas Escrituras, por pelo menos, 5 minutos por dia. E eu na minha ignorância, tive a Graça de receber esse Santo Ensinamento em meu coração e hoje em dia, é muito difícil deixar de ler a bíblia.

            Isso foi evoluindo dentro de mim com a leitura de Santos documentos através dos sites: http://www.montfort.org.br e http://www.recadosaarao.com.br. São muito bons, pois instrui Sã Doutrina conforme a tradição e concílio de Trento.

            Hoje eu procuro divulgar isso, mas ao travar combate espiritual, infelizmente as pessoas em sua totalidade não querem saber de nada, só querem saber de viver suas vidas e acrediatr na mídia, modernismo, teologia da libertação, ou seja, o caminho largo. E isso se dá também com os membros de minha família. Muitos me criticam por ter idéias conforme a tradição Católica.

            Não devemos desanimar, continuar a luta e defender a Sã Doutrina sempre, através do sacramento do Crisma. Viver a radicalidade do evangélio como São Francisco de assis, viver intensamente Jesus cristo como Santo Padre Pio, em fim, ter o temor de Deus segundo o temor que o Santo Rei Davi tem.

            Obrigado pelo elogio mais uma vez e vamos em frente. Você também é um bom guerreiro e nesses ultimos tempos que vivemos, precisamos ser cada vez mais diciplinado na Fé, Amor e Esperança e viver virtuosamente para converter mais e mais catolicos(cegados pelo modernismo), protestantes e outros para a verdadeira religião que é o seguimento da São Dotrina catolica Apostolica Romana, que Fora da qual não há Salvação.

            Abração irmão, que Deus te abençõe sempre.

  9. Muito tênue os argumentos da doutrina do celibato, os textos bíblicos usados dos escritos de S. Paulo estão fora de contexto, erro grave, no que tange a hermenêutica. Existem muitos argumentos sem respostas plausíveis, como por exemplo, a bíblia mencionar que S. Pedro, o líder da igreja em Jerusalém, ser casado. Se o primeiro papa segundo o catolissismo era casado, e se nas epístolas de S. Paulo das quais era endereçada para os líderes (I,II S.Timóteo, por ex.) mencionam o fato importante em que o líder deveria ser um bom marido e um bom pai também para que com autoridade liderasse a igreja local, como proibir a benção do casamento? Interessante também é que a igreja ortodoxa não compartilha da mesma idéia de celibato sacerdotal. Chego a conclusão que bíblicamente falando, não existem argumentos suficientes com base na hermenêutica e na exegêse do texto bíblico para que a igreja católica imponha celibato ao vocacionado, dizendo que e não tem o celibato tambem não é vocacionado,… simples assim

      • Quer um argumento que seja convincente: JESUS CRISTO, o SARCERDOTE por excelência, é Celibatário para SEMPRE.

        Ou Seja se o próprio DEUS deixou o exemplo de que os seus sacerdotes devem ser celibatários, só pode ser coisa do Anti-cristo( concílio Vaticano II), teologia da libertação, e outras fumaças satânicas que insistem em ficar dentro da Igreja para mudar isso. Criar a nova igreja eucumênica de satanás.

        Eu sou como Josué, serviremos ao Senhor. A Igreja Católica Apostólica Romana, de sempre, com a Santa Missa tridentina.

        Outros grandes exemplos de celibatários: Cura Darms, Padre Pio e Apostolo São Paulo.

        Seguie por esses exemplos e não por falsos padres que só derespeitam o voto de castidade e pobreza. O inferno está cheo deles.

        • Jesus celibatário kkk. Mas que piada. A bíblia chama Jesus de o noivo. E Ele se casará no céu em breve, com a noiva, a Igreja pura, Santa e verdadeira. Que segue seus mandamentos a qualquer custo, mesmo em face da morte. E a noiva não é a igreja Católica.

    • Julio, você diz: “(I,II S.Timóteo, por ex.) mencionam o fato importante em que o líder deveria ser um bom marido e um bom pai também para que com autoridade liderasse a igreja local”. 2- “igreja ortodoxa não compartilha da mesma idéia de celibato sacerdotal.” 3 – “Chego a conclusão que bíblicamente falando, não existem argumentos suficientes com base na hermenêutica e na exegêse” 4 – “como proibir a benção do casamento?”

      Respostas: 1 – No início, a Igreja Primitiva estava em formação ainda. Por essa razão que o Apostolo São paulo havia deixado essa Santa exortação. Mas, hoje sabemos que até o Diacono, quando é ordenado, não pode casar mais, após o falecimento da sua esposa. A Igreja Instituiu o Celibato, pois Jesus Cristo é o Exemplo de Todos. e jesus Cristo é Celibatário Eternamente, dessa forma convém que seus Sacerdotes sejam Celibatários também. 2 – Cismáticos e protestantes não devem ser tomados como exemplos, pois escolheram abandonar a Igreja de Jesus Cristo, se rebelarem( caso dos cismáticos ortodoxos) e fundarem a própria igreja( protestantes). Então, nunca irão obedecer a Pedro, O Papa, A Igreja Ùnica e Verdadeira. 3 – Só faltou você falar, do cateto da hipotenusa, hein rsrs. Que linguagem mais complicada. O Apostolo São Paulo dizia que o conhecimento adiquirido por ele, era esterco quando comparado a Grande Pérola preciosa chhamada Jesus Cristo e Sua Graça. Ora, Se o Próprio Jesus deixou o Exemplo de ser Celibatário em Vida e ainda falou” quem abandonar Mulher, familia, as coisas desse mundo, por minha Causa, receberá cem vezes mais ainda nessa vida com perseguições”, é o que o mundo, a mídia do satanás e outras piadas fazem quando debocham de um Sacerdote e um religioso. 4 – A vida Casta é superior ao estado matrimonial, mas não quer dizer que a Igreja rejeita o Sacramento do Matrimônio.Pense nisso. Abraços

  10. O Texto só deixa claro que os padres podem SIM casar e não vão perder a salvação… então, por que se eu perguntar a um padre: “Vocês não podem casar?”, ele responderá não??
    Se é uma escolha se o padre deve ou não casar, por que eles dizem que é obrigatório?
    Hum… contraditório, não?!

    • Olá marina.

      Não é contraditório! A Santa Doutrina de Sempre, ensinada pelos Apóstolos e Seus Santos Sucessores, não pode ser contraditória. O Padre antes de receber o Sacramento da Ordem, tem a opção de seguir o celibato. Se ele não quiser seguir, ele não será Padre! É simples. Agora essa corrente modernista que o mundo vive é que é contraditória e não segue os Santos ensinamentos de Cristo que diz: “Céus e Terra Passarão, mas minhas palavras não passarão” . Ora pois, se não passa, não passa e não pode haver inovações na Sagrada Doutrina. Jesus Cristo como Homem poderia ter casado, mas não O fez, pois não pode possuir suas criaturas, Ele é Deus também. O Padre é “Persona Christ” ( é o próprio Cristo) e não pode casar com sua filha espiritual, praticaria Incesto aos Olhos do Pai. E outra, o padre é Sacerdote eternamente, não podendo receber o Sacramento do Matrimônio. Agora se o homem que já foi casado, e atualmente é Viuvo, pode receber o Sacramento da Ordem. O contrário, Jamais pode ocorrer, pois o Sacerdócio é Eterno e a Virgindade de Cristo também é Eterna. Existem almas sacerdotais que estão no purgatório por que não respeitaram o Sacramento da Ordem e se casaram. Deus é misericordioso, Perdoa, mas haverá a Purificação Severa paras os Sacerdotes teimosos que abandonam o Sacerdócio. Melhor é não receber o Sacramento da Ordem, do que receber e abandoná-lo depois. Isso provoca a Ira Divina.

      Obs. O que é contraditório é a Nova ordem mundial, a maçonaria infiltrada diabolicamente na Igreja, que manipula todas os conglomerados financeiros, imprensa, meios de comunicação e cujo o objetivo é dessacralizar a Igreja de jesus Cristo. Acabar com os Dogmas eliminar os Sacramentos e derrubar o Santo Padre, Papa Bento XVI, para colocarem um “falso papa” que promoverá as mudanças diabólicas que são: casamento de padres, ordenação de mulheres, casamento de homexuais e etc. Isso tudo quando ocorrer, pode ter certeza que a Ira Divisa será derramada sobre a terra. O homem só busca desafiar Deus não quer saber de conversão

  11. Desconsiderando os fundadores do protestantismo e suas características, a questão das indulgências, simonia entre outras, que a Igreja Católica praticava.. Qual a explicação que se tem??
    Em colégios, faculdades, cursos é o que as pessoas estudam que são a causa da Reforma Religiosa. Já li em alguns lugares que antigamente era permitido o padre casar, mas depois a Igreja implantou essa norma do celibato, pois não poderia ‘bancar’ a família do padre. Seria apenas uma questão econômica e procurou argumentos na bíblia em que acobertassem essa norma do homem e não de Deus?! Até por que a Bíblia é questão de interpretação, O que considero, particularmente, que muitas coisas são metáforas.

    Aguardo explicação ansiosamente!
    Obrigada.

    • Tatiane

      A igreja católica é laica, Tatiane. Não tem nenhuma obrigação legal a respeito de manter filhos e filhas, ou mulher de sacerdotes. Se os maus Padres assim agem, alem de futuramente receber a ira Divina, terão de ser afastados do Sacerdócio.

      O Celibato e a Castidade são a Imitação perfeita de Jesus Cristo e a Igreja Jamais deve mudar a esse respeito. E o Senhor sempre prepara Sacerdotes!

      A questão de casamento de Padres é mentira protestante. os unicos que podem casar são os Diaconos ordenados, porém, depois do falecimento da esposa, não podem casar mais!

      Abraços

      • WILLIAM VEJA ESSA MINHA APOLOGÉTICA SOBRE O QUE É REALMENTE O PURGATÓRIO

        O primeiro é fazermos agora, por nós mesmos, penitência dos nossos pecados, e praticar boas obras o mais que pudermos, e não pôr a nossa esperança em sufrágios futuros.
        E isto devemos fazer sem demora, antes que sejamos assaltados por algum acidente (Gál 6, 10).

        IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICAS AS SEITAS PROTESTANTES DIZEM DESCARADAMENTE

        QUE NÃO EXISTE O PURGATÓRIO ISSO É UMA PIADA

        PRIMEIRO O NOME PURGATÓRIO NÃO EXISTE NA BÍBLIA

        POR QUE ESSE NOME FOI A IGREJA CATÓLICA QUE COLOCOU NA SUA DOUTRINA

        QUE BÍBLICAMENTE SE CHARMA DOUTRINA DA PURGAÇÃO OU DOUTRINA DA EXPIAÇÃO

        AGORA IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICAS O NOME EXPIAÇÃO

        COMO PURGAÇÃO É FACILMENTE ENCONTRADO NA BÍBLIA

        AGORA A ÚNICA DIFERÊNÇA DISSO TUDO

        É APENAS O NOME QUE A IGREJA DEU A ESSE PROCESSO

        QUE SE CHAMA DOUTRINA DO PURGATÓRIO

        AGORA PARA VOCÊS TIRAREM TODAS AS SUAS DUVIDAS SOBRE ESSE ASSUNTO

        VOU MOSTRAR NESSE ESTUDO

        VÁRIOS VERSÍCULOS BÍBLICOS QUE COMPROVAM A EXISTÊNCIA DA PURGAÇÃO

        COMO O DA EXPIAÇÃO

        A ESSES DOIS NOMES ENTRE OUTRAS REFERÊNCIAS BÍBLICAS

        A IGREJA DEU O NOME DE DOUTRINA DO PURGATÓRIO

        VEJA

        Porém, diz o Senhor pelo profeta Zacarias, que Ele mesmo, mais que o (FOGO), (PURGARÁ) e limpará a alma eleita, ativando com Seu hálito as suas chamas (Zac 3, 9).

        IRMÃOS E IRMÃS NESSA PASSAGEM DEUS AFIRMA CLARAMENTE QUE DEPOIS DE MORTO

        E SE A ALMA JÁ É ELEITA ELA JÁ NÃO É MAIS CONDENADA

        MAIS MESMO ASSIM DEUS DIZ CLARAMENTE QUE LIMPARÁ A ALMA ELEITA COM A PURGAÇÃO E COM SEU HÁLITO EM CHAMAS

        AQUI MOSTRA CLARAMENTE QUE ATÉ MESMO UMA ALMA ELEITA PODE MORRER COM UM PECADO VENIAL E POR ISSO ELA TEM QUE PASSAR POR UMA ESPIAÇÃO PARA SE PURIFICAR

        VEJA UMA REFERÊNCIA CLARA SOBRE ESSE TEMA

        “Mas aquele que não as possui [as boas obras] é um cego, um míope: está esquecido DA PURIFICAÇÃO DOS SEUS PECADOS DE OUTRORA” (2Pd 1,9)

        OLHA PURGARÁ OU PURGAR É UM NOME BÍBLICO COM O MESMO SENTIDO EXATO

        E ESSE NOME PURGARÁ OU PURGAR POSSUI A MESMA EXÊNCIA

        VEJA MAIS UM VERSÍCULO BÍBLICO QUE CONFIRMA A DOUTRINA DA PURGAÇÃO

        PURIFICAÇÃO PELA BRASA – “Ai de mim, gritava eu. Estou perdido porque sou um homem de lábios impuros, e habito com um povo (também) de lábios impuros e, entretanto, meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos! Porém, um dos serafins voou em minha direção; trazia na mão uma brasa viva, que tinha tomado do altar com uma tenaz.Aplicou-a na minha boca e disse: Tendo esta brasa tocado teus lábios, teu pecado foi tirado, e tua falta, apagada. ” (Isa 6:5-7).

        NESSE VERSÍCULO MOSTRA CLARAMENTE QUE O ANJO TROUXE DO ALTAR DO CÉU UMA BRASA QUE SE REFERE AO FOGO E ESSE FOGO AO TOCAR NOS LÁBIOS DO PROFETA ISAIAS SUMIU TODOS OS SEUS PECADOS

        ISSO É A PURGAÇÃO DOUTRINA BÍBLICA QUE A IGREJA DEU O NOME DE PURGATÓRIO

        VEJA MAIS PROVAS BÍBLICAS

        “Receio que à minha chegada entre vós Deus me humilhe ainda a vosso respeito;E tenha de chorar por muitos daqueles que pecaram e não fizeram PENITÊNCIA da impureza, fornicação e dissolução que cometeram. ” (II Coríntios 12,21)

        IRMÃOS E IRMÃS TOMEM MUITO CUIDADO É PRECISO ORAR E VIGIAR SEMPRE

        VEJA UMA

        A ADVERTÊNCIA CLARISSIMA NESSE VERSÍCULO

        “Usa o remédio antes de ficares doente. Interroga-te a ti mesmo antes do juízo, e acharás misericórdia diante de Deus.” (Eclesiástico 18,20)

        AGORA VEJAM AQUI

        ALGUMAS OUTRAS REFERÊNCIAS QUE COMPROVAM A PASSAGEM PELO FOGO

        QUE BIBLICAMENTE SE CLARMA PURGAÇÃO OU PURGAR

        Porque todo homem será salgado pelo (FOGO)” (Marcos capítulo 9)

        SERÁ QUE UM HOMEM É SALGADO VIVO NO FOGO?

        VEJAM MAIS REFERÊNCIAS

        Purifica-me com hissope, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve. Salmos 51:7

        VEJAM MAIS REFERÊNCIAS

        Em toda a terra, diz o Senhor, as duas partes dela serão exterminadas, e expirarão; mas a terceira parte restará nela.

        E farei passar esta terceira parte pelo (FOGO}, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro.

        Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O Senhor é meu Deus.

        AGORA NESSE VERSÍCULO BÍBLICO SE DIZ QUE É AÇOITADO PARA SAIR DA MORADA DOS MORTOS

        VEJA

        Castigando-o com a vara, salvarás sua vida da morada dos mortos. (Provérbios 23,14)

        AGORA COMPARE ESSE VERSÍCULO COM LUCAS 12

        E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será CASTIGADO com muitos açoites;

        Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será CASTIGADO.

        AGORA

        VEJAM MAIS REFERÊNCIAS CLARAS SOBRE O MESMO ASSUNTO

        “Seja esse homem entregue a Satanás, para mortificação do seu corpo, a fim de que a sua alma seja salva no dia do Senhor Jesus.

        ” (ICoríntios 5,5)

        VEJAM MAIS REFERÊNCIAS BIBLICAS SOBRE O MESMO ASSUNTO

        Debaixo da terra se agita a morada dos mortos, para receber-te à tua chegada; despertam em tua honra as sombras dos grandes, e todos os senhores da terra, e levantam-se de seus tronos todos os reis das nações. (Isaías 14,9)

        Qual é o vivo que se livra da morte, ou pode subtrair a sua alma ao poder da morada dos mortos? (Salmos 88,49)

        ISSO É FATO NINGUÉM SAI DA MORADA DOS MORTOS SEM A VONTADE DE DEUS

        COMO NINGUÉM PODE FUGIR DA SUA MORTE

        AGORA VEJA NESSE VERSÍCULO UMA OUTRA REFERÊNCIA SOBRE A PURGAÇÃO OU PURGAR

        Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador.

        Cada galho em mim que não produz fruto ele tira fora: e cada galho que produz fruto,

        Ele o (PURGA) para que traga mais fruto (João 15:1, 2).

        Se o homem não permanece em mim, ele é lançado fora como um galho, e é murchado; e homens os ajuntam e os lançam dentro do (FOGO), e eles são queimados (verso 6).

        QUEM ENTENDE PARABÓLAS FACILMENTE NESSA PASSAGEM SABE DO QUE JESUS SE REFERE

        IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICAS

        Agora vejam aqui mais um exemplo bem claro desta purificação

        Está em (Malaquias 3, 1- 4) onde diz: “Vou mandar o meu mensageiro para preparar o meu caminho.

        E imediatamente virá ao seu templo o Senhor que buscais, o anjo da aliança que desejais.

        Ei-lo que vem – diz o Senhor dos exércitos.

        Quem estará seguro no dia de sua vinda?

        Quem poderá resistir quando ele aparecer?

        Porque ele é como o (FOGO) do fundidor, como a lixívia dos lavadeiros.

        Sentar-se-á para fundir e purificar a prata;

        Purificará os filhos de Levi e os refinará, como se refinam o ouro e a prata;

        Então eles serão para o Senhor aqueles que apresentarão as ofertas como convêm.

        E a oblação de Judá e de Jerusalém será agradável ao Senhor, como nos dias antigos, como nos anos de outrora”.

        NESSA PASSAGEM BÍBLICA MOSTRA CLARAMENTE UM FOGO ESPIRITUAL

        POIS NINGUÉM REFINA A PRATA OU O OURO A NÃO SER COM FOGO

        ESSA PASSAGEM MOSTRA CLARAMENTE A DOUTRINA DA PURGAÇÃO OU A DOUTRINA DA ESPIAÇÃO QUE A IGREJA CATÓLICA DA O NOME DE PURGATÓRIO

        AGORA VEJA UMA PASSAGEM EM LEVÍTIVO A

        Levítico 23

        26 Disse mais o Senhor a Moisés:

        27 Ora, o décimo dia desse sétimo mês será o dia da (EXPIAÇÃ); tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; e oferecereis oferta queimada ao Senhor

        AGORA VEJA NESSE VERSÍCULO UMA FORTE REFERÊNCIA

        Hebreus 12: 22-23 – Você, no entanto, você veio ao Monte Sião, e à cidade do Deus vivo, da Jerusalém celestial, a miríades de anjos, atendendo assembléia solene dos primogênitos inscritos nos céus,

        E a Deus, juiz universal e aos espíritos dos justos sua consumação.

        IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICAS O PURGATÓRIO É APENAS O NOME DA DOUTRINA

        QUE A IGREJA DEU A PALAVRAS BÍBLICAS QUE SE REFEREM A PENITÊNCIAS PURGAR BRASA FOGO EXPIAÇÃO E A OUTRAS PALAVRAS QUE SE REFEREM A PENA OU PRISÃO TEMPORARIA

        AGORA REFORÇANDO ESSA TESE VEJA O QUE DIZ SÃO PAULO

        Porque ninguém pode por outro fundamento além do que já foi posto, o qual é Jesus Cristo.

        E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará;

        Na verdade o dia a declarará, porque pelo FOGO será descoberta; e o FOGO provará qual seja a obra de cada um.

        Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão.

        Se a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento, mas o tal será salvo, todavia como pelo FOGO” (1 Coríntios 3:11-15).

        SÃO PAULO AQUI MOSTRA CLARAMENTE A EXISTÊNCIA DO PURGATÓRIO

        O QUE É COMPROVADO INDISCUVELMENTE POR TODOS PADRES DA IGREJA DOS PRIMEIROS SÉCULOS DA ERA CRISTÃ

        AGORA ALGUMAS SEITAS PROTESTANTES INOCENTEMENTE AFIRMAM QUE NESSE VERSÍCULO

        O apóstolo Paulo está falando sobre a sabedoria, e os coríntios estavam tentando edificar a sua igreja por meio de sabedoria humana, que era próprio dos gregos (I Cor. 1:22),

        IRMÃOS E IRMÃS ESSA AFIRMAÇÃO PROTESTANTE É FALSA HERETICA

        E CONTRADITÓRIA SEM NENHUMA BASE BÍBLIA E MUITO MENOS HISTÓRICA

        VOU DA SÓ ALGUNS EXEMPLOS SIMPLES

        SE ESSA AFIRMAÇÃO PROTESTANTE FOSSE VERDADEIRA

        SÃO PAULO CHAMARIA A COMUNIDADE DE CORINTIOS DE HERESES

        POR TENTAR MUDAR O FUNDAMENTO DA IGREJA QUE É JESUS CRISTO

        E MAIS AS COMUNIDADES DE CORINTIOS JÁ TINHA SEUS BISPOS DIÁCONOS E PRESBÍTEROS E ACIÕES

        E NADA ERA DECIDIDO SEM O OVAL DELES

        AGORA SE QUAL QUER UM DELES QUE QUERESSE TENTAR MUDAR

        OS ENSINAMENTOS DA IGREJA QUE É JESUS CRISTO

        ISSO SERIA CONSIDERADO UMA GRANDE HERESIA E SÃO PAULO OS ADVERTIRIA DURAMENTE PARA O ARREPENDIMENTO

        MAIS NESSE VERSÍCULO É O CONTRÁRIO POIS SÃO PAULO AFIRMA QUE A OBRA DE CADA UM SERÁ DESCOBERTA PELO FOGO MAIS SE QUEIMAR TODA VIA ELE AINDA SERÁ SALVO COMO TODA VIA PELO FOGO

        AÍ EU TI DIGO MEU IRMÃO VOCÊ TEM COMO DESCOBRIR

        TODAS AS OBRAS TODOS E TODOS OS DESEJOS E TODOS OS PENSAMENTOS E TODOS

        OS ATOS QUE SE ESCONDE DENTRO DA CABEÇA E DO CORAÇÃO DE UM FIEL DENTRO DA IGREJA SEJA ELE PADRE BISPO LEIGO OU UM FIEL CLARO QUE NÃO?

        ISSO SÓ SERÁ DESCOBERTO DIANTE DE DEUS NO SEU TRIBUNAL

        AGORA CONTINUANDO COM O MESMO VERSÍCULO SÃO PAULO AINDA DIZ

        Porque ninguém pode por outro fundamento além do que já foi posto, o qual é Jesus Cristo.

        AQUI SÃO PAULO DIZ QUE DENTRO DO FUNDAMENTO DO QUAL JÁ FOI POSTO QUE É JESUS CRISTO NINGUÉM PODE MUDAR

        MAIS SOBRE ESSE FUNDAMENTO DO QUAL JÁ FOI POSTO SÃO PAULO AFIRMA

        QUE NELES É QUE FICAM NOSSAS OBRAS

        ESSE FUNDAMENTO QUE SÃO PAULO SE REFERE É O DA IGREJA

        POIS JESUS CRISTO É A CABEÇA DA IGREJA

        E NÓS SAMOS OS SEUS MEMBROS

        ENTÃO ESSA UNIÃO É O FUNDAMENTO DA IGREJA

        COM TODAS AS SUAS DOUTRINAS

        AGORA MEUS IRMÃOS E IRMÃS SE ALGUM HOMEM QUERER MUDAR ESSE ENSINAMENTO

        ELE JÁ SERIA CONSIDERADO E CHAMADO DE HEREGE

        E ELE JÁ SERIA DURAMENTE ADVERTIDO POR SÃO PAULO PARA UM ARREPENDIMENTO VERDADEIRO

        AGORA VEJA NO MESMO VERSÍCULO

        SÃO PAULO FALA QUE A OBRA DE CADA UM SERÁ MOSTRADA

        A obra de cada um se manifestará;

        Na verdade o dia a declarará, porque pelo (FOGO) será descoberta; e o (FOGO) provará qual seja a obra de cada um.

        Se a obra que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão.

        IRMÃOS E IRMÃS ESSE VERSÍCULO MOSTRA CLARAMENTE A DOUTRINA DA PURGAÇÃO QUE A IGREJA DA O NOME DE DOUTRINA DO PURGATÓRIO

        RESUMINDO

        TUDO O QUE FAZEMOS POR ATOS PALAVRAS E DESEJOS

        UM DIA SE MANIFESTARÁ

        E TODO HOMEM UM DIA VAI PRESTAR CONTAS A DEUS DOS SEUS ATOS

        É POR ISSO QUE SÃO PAULO DIZ QUE O DIA A DECLARARÁ

        E SE A OBRA PERMANECER RECEBE O SEU GALARDÃO

        E O NOME GARLADÃO BÍBLICAMENTE SE REFERE A RECOMPENSA E PRÊMIO DEPOIS DA MORTE

        POR ISSO SÃO PAULO DIZ

        Hebreus 9

        27. Como está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo,

        E MAIS ESSA É PARA OS PROTESTANTES QUE DIZEM QUE JÁ ESTÃO SALVOS

        VEJA

        “Se dissermos: ‘Não temos pecado’, enganamo-nos a nós mesmos… se dissermos ‘Não pecamos’ fazemos dele [Deus] um mentiroso” (1Jo 1,8.10)

        AGORA NESSA OUTRA PASSAGEM BÍBLICA

        DIZ

        Eu vos digo: fazei-vos amigos com a riqueza injusta, para que, no dia em que ela vos faltar, eles vos recebam nos tabernáculos eternos.” (São Lucas 16,9)

        E MAIS

        “Eu vos digo que de toda palavra inútil, que os homens disserem, DARÃO CONTA NO DIA DO JULGAMENTO” (Mt 12,36)

        AGORA PARA DESMASCARÁ AS SEITAS PROTESTANTES VOU MOSTRAR REFERÊNCIAS SOBRE OS MORTOS BÍBLICAMENTE

        VEJA

        “Dá de boa vontade a todos os vivos, e não recuses este benefício a um morto” ( Eclo 7,37 )

        VEJA ESSA

        Em minha aflição, invoquei o Senhor, e ele ouviu-me. Do meio da morada dos mortos, clamei a vós, e ouvistes minha voz. (Jonas 2,3)

        AGORA OUTRAS REFERÊNCIAS BÍBLICAS

        Tua majestade desceu à morada dos mortos, acompanhada do som de tuas harpas. Jazes sobre um leito de vermes e os vermes são a tua coberta. (Isaías 14,11)

        OUTRAS REFERÊNCIAS BÍBLICAS

        Por isso a morada dos mortos se alargará, e abrirá desmesuradamente a boca. O esplendor (de Sião) e sua multidão barulhenta, seu alvoroço e sua alegria desaparecerão dela. (Isaías 5,14)

        OUTRAS REFERÊNCIAS BÍBLICAS

        Libertastes-me das profundas entranhas da morada dos mortos, da língua maculada, das palavras mentirosas, do rei iníquo e da língua injusta. (Eclesiástico 51,7)

        AGORA

        No livro II dos Macabeus se afirma que “É um santo e saudável pensamento orar pelos mortos, para que sejam livres de seus pecados”(II Mac. XII , 46).

        VEJAM AQUI

        Um outro exemplo que está na Bíblia é o de (2 Macabeus 12, 43-46) onde se diz: “Em seguida, fez uma coleta, enviando a Jerusalém cerca de dez mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados: belo e santo modo de agir, decorrente de sua crença na ressurreição, porque, se ele não julgasse que os mortos ressuscitariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles.

        Mas, se ele acreditava que uma bela recompensa aguarda os que morrem piedosamente,

        Era esse um bom e religioso pensamento; eis por que ele pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres de suas faltas”.

        TA AÍ MAIS UMA BELA E GRANDE COMPROVAÇÃO DA DOUTRINA DO PURGATÓRIO

        Irmãos e irmãs católicos saibas que São Paulo também ensinou que os espíritos dos justos estão na presença de Deus:

        “Estamos, repito, cheios de confiança, preferindo ausentar-nos deste corpo para ir habitar junto do Senhor. É também por isso que, vivos ou mortos, nos esforçamos por agradar-lhe” (2 Cor 5,8-9).

        Nesse versículo eu me pergunto como poderiam os justos esforçarem-se para agradar a Deus após a morte se estivessem dormindo? Ou ainda, como poderiam ausentar-se do corpo e “ir habitar junto do Senhor” se o espírito dos justos não voltassem para Deus que os deu (cf. Ecl 12,7)?

        VEJA

        Libertastes-me das profundas entranhas da morada dos mortos, da língua maculada, das palavras mentirosas, do rei iníquo e da língua injusta. (Eclesiástico 51,7)

        E AINDA EXISTEM SEITAS QUE DESCARADAMENTE NEGAM A DOUTRINA DO PURGATÓRIO

        E MAIS AGORA VEJA QUE O PRÓPRIO SÃO PAULO PREGOU A ARAÇÃO PELOS MORTOS VEJA NESSE VERSÍCULO REFERÊNCIAS CLARAS

        2 Tm. 1:16-18 – Onesíforo está morto, mas Paulo pede misericórdia para com ele “naquele dia.”

        O contexto de “naquele dia” demonstra seu uso escatológico (ver, por exemplo, Rm 2.5,16; 1 Cor 1,8;.. 3,13 e 5,5; 2 Cor 1,14;. Phil 1.6,10;. 2,16; 1 Tessalonicenses 5.2,4,5,8;. 2Ts 2.2,3;. 2 Tm 4.8)..

        Claro, não há necessidade de misericórdia no céu, e não há misericórdia dada no inferno.

        Onde está Onesíforo? Ele está no purgatório

        ESSA PASSAGEM DESMASCARA TODAS AS SEITAS PROTESTANTES BIBLICAMENTE

        NEM VOU USAR ESCRITORES DA ÉPOCA DOS FATOS OCORRIDOS POIS SENÃO ESSA MATERIA FICARIA ENORME

        POR ISSO VOU SÓ USAR A BÍBLIA PARA PROVAR FACILMENTE QUE O PURGATÓRIO COMO AS ORAÇÕES PELOS MORTOS É BÍBLICO

        VEJA

        II Timotio 1

        16. O Senhor conceda sua misericórdia à casa de Onesíforo, que muitas vezes me reconfortou e não se envergonhou das minhas cadeias!

        17. Pelo contrário, quando veio a Roma, procurou-me com solicitude

        E me encontrou.

        18. O Senhor lhe conceda a graça de obter misericórdia “junto do Senhor naquele dia”.

        Sabes melhor que ninguém quantos bons serviços ele prestou em Éfeso.

        Irmãos e irmãs ao ler esse texto podemos entender claramente que São Paulo estava pedindo misericórdia de Deus para um amigo que já havia falecido.

        E MAIS A PATRÍSTICA E OS ESCRITOS DA ÉPOCA MOSTRAM ISSO INCONTESTAVELMENTE

        VEJA MAIS PROVAS CLARAS BÍBLICAMENTE

        I Corintos 15

        29. De outra maneira, que intentam aqueles que se batizam em favor dos mortos? Se os mortos realmente não ressuscitam, por que se batizam por eles?

        VEJA AQUI MAS PROVAS CLARISSÍMAS QUE DESMASCARAM AS SEITAS PROTESTANTES

        II samuel 1

        17. Compôs então Davi o seguinte cântico fúnebre sobre Saul e seu filho Jônatas,

        18. ordenando que fosse ensinado aos filhos de Judá. É o canto do Arco, que está escrito no Livro do Justo:

        19. Tua flor, Israel, pereceu nas alturas! Como tombaram os heróis?

        AGORA VEJA EM

        II reis 23

        17. E o rei perguntou: Que monumento é esse que eu vejo? Os habitantes da cidade responderam-lhe: É o túmulo do homem de Deus que veio de Judá, e que predisse tudo o que fizeste ao altar de Betel.

        18. Deixai-o, disse o rei; paz aos seus ossos. E os seus ossos ficaram intactos, assim como os ossos do profeta que tinha vindo de Samaria.

        Bem meus irmãos, nesses textos podemos observar um planto de 7 dias em favor de um falecido, uma cerimônia de 7 dias anual pela filha de Jefte, um canto para homenagear Saul escrito pelas mãos de Davi e um monumento feito para um homem de Deus.

        Agora mesmo se não existisse um texto Bíblico onde pessoas faziam cerimônias pelos falecidos (o que não é verdade), também não existe um texto condenando tais cerimônias.

        AGORA NOTE ESSA OUTRA REFERÊNCIA BÍBLICA NO QUAL OS OSSOS DE ELISEU RESUCITAM UM HOMEM MORTO

        VEJA

        Depois morreu Eliseu, e o sepultaram. Ora, as tropas dos moabitas invadiram a terra à entrada do ano.

        E sucedeu que, enterrando eles um homem, eis que viram uma tropa, e lançaram o homem na sepultura de Eliseu; e, caindo nela o homem, e tocando os ossos de Eliseu, reviveu, e se levantou sobre os seus pés. 2 Reis 13.

        E NÃO É SÓ ISSO VEJA NA CARTA DE SÃO JUDAS O DIABO QUERENDO POSSUIR O CORPO DE MOISÉS JÁ MORTO

        Carta de São Judas (1,9), Miguel disputou com o Diabo o corpo de Moisés

        Isso nos leva a crer que é da responsabilidade desse anjo tudo o que se relaciona com o mundo dos mortos:

        VEJA

        “Mas quando o arcanjo Miguel, discutindo com o Diabo, disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar contra ele juízo de maldição, mas disse: O Senhor te repreenda ”

        (Jud 1,9)

        As seitas protestantes são leigas nesse assunto

        Agora o que devemos entender em primeiro lugar é que todos os pecados causam danos a alma, porém nem todos os pecados resultam na mesma conseqüência, existem os pecados (Mortais) e os pecados (Não Mortais ou Veniais).

        VEJA A PROVA BÍBLICA AQUI

        I João 5 – 16. Se alguém vê seu irmão cometer um pecado que não o conduza à morte, reze, e Deus lhe dará a vida; isto para aqueles que não pecam para a morte.

        Há pecado que é para morte; não digo que se reze por este.

        17. Toda iniqüidade é pecado, mas há pecado que não leva à morte.

        CONCLUINDO EXISTEM PECADOS MORTAIS E VENIAIS

        AGORA MUITAS SEITAS PROTESTANTES PREGAM QUE NÃO EXISTE PECADO GRANDE OU PEQUENO ESSE ENSINO É UMA HERESIA CHEIA DE BLASFÊMIA POR ISSO TOME MUITO CUIDADO

        VEJA

        “Quem me entregou a ti cometeu pecado maior”, disse Ele a Pilatos (Jo 19,11).

        Saibam que todos os pecados causam danos à alma, porém sabemos que nem todos os pecados levam a morte da alma

        (A morte da Alma é ser jogada no lago de fogo Apocalipse 20-14, ou seja, a separação eterna de Deus).

        VEJA NESSA PASSAGEM ONDE DIZ

        Passam os dias na alegria, e descem tranqüilamente à região dos mortos” (JÓ capítulo 21)

        AGORA VEJA NESSA PASSAGEM O QUE SÃO PAULO DIZ

        Conheço um homem em Cristo que há catorze anos foi arrebatado até o terceiro céu. Se foi no corpo, não sei. Se fora do corpo, também não sei; Deus o sabe. 3. E sei que esse homem – se no corpo ou se fora do corpo, não sei; Deus o sabe – 4. foi arrebatado ao paraíso e lá ouviu palavras inefáveis, que não é permitido a um homem repetir” (II Coríntios capítulo 12)

        IRMÃOS AS SEITAS PROTESTANTES NEGAM A DOUTRINA DO PURGÁTORIO INOCENTEMENTE

        PEDEM ONDE ESTÁ O NOME PURGATÓRIO NA BÍBLIA RSRSRS

        PRIMEIRO PURGATÓRIO É APENAS O NOME DA DOUTRINA

        E SEGUNDO RELIGIÃO SE DESCULTE AGORA PONTOS DE VISTA NÃO

        VAI ALGUNS EXEMPLOS OS 7 LIVROS DA BÍBLIA QUE ELES TIRARAM DESCARADAMENTE

        OS APOSTÓLOS FAZEM REFERÊNCIAS DESSES LIVROS TIRADOS DA BÍBLIA PROTESTANTE NOS PRÓPRIOS EVANGELIOS E CARTAS

        AGORA IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICAS

        VEJA

        NESSA PASSAGEM QUE MOSTRA CLARAMENTE QUE QUANDO MORREMOS NA FÉ

        A NOSSA ALMA VOLTA PARA DEUS

        VEJA

        Mas as almas dos justos estão na mão de Deus, e nenhum tormento os tocará.

        2. Aparentemente estão mortos aos olhos dos insensatos: seu desenlace é julgado como uma desgraça.

        3. E sua morte como uma destruição, quando na verdade estão na paz!

        4. Se aos olhos dos homens suportaram uma correção, a esperança deles era portadora de imortalidade” (Sabedoria capítulo 3)

        Mesmo que desçam à morada dos mortos, minha mão os arrancará de lá; ainda que subam aos céus, eu os farei descer dali; (Amós 9,2)

        AQUI MOSTRA CLARAMENTE QUE QUANDO MORREMOS NÃO ADORMECEMOS

        QUEM PREGA O CONTRÁRIO É HEREGE

        VEJA MAS UMA GRANDE PROVA BÍBLICAMENTE

        Eles darão conta àquele que está pronto para julgar os vivos e os mortos.

        Pois para isto foi o Evangelho pregado também aos mortos; para que, embora sejam condenados em sua humanidade de carne, vivam segundo Deus quanto ao espírito” (I Pedro capítulo

        NESSE VERSÍCULO VOCÊ O ESTUDANDO NOTA CLARAMENTE O QUE TODOS OS PADRES APOSTÓLICOS E PADRES DA IGREJA DOS PRIMEIROS SÉCULOS ESCREVERAM QUE PURGATÓRIO É REAL

        AGORA SOMENTE UM HOMEM LEGAVADO PELA BURRICE E PELO ENGANO O CONTESTA

        MAIS SE UM HOMEM OU UMA MULHER SE ELE DEIXAR DE LÊ FABÚLAS PROTESTANTES

        E FOR NA RAIZ ELE MUDA SUA TESE INDISCUTIVELMENTE

        VEJA O QUE JESUS DIZ

        Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena” (Mateus capítulo 10)

        E MAIS VEJA O QUE ELE DIZ NESSA OUTRA PASSAGEM BÍBLICA

        Se o teu olho for para ti ocasião de queda, arranca-o; melhor te é entrares com um olho de menos no Reino de Deus do que, tendo dois olhos, seres lançado à geena do fogo,

        Onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga.

        AGORA REFORÇANDO A TESE

        VEJA NESSE VERSÍCULO ISAIS DIZENDO CLAMAMENTE

        QUE EXISTE UMA MORADA ONDE MUITOS DOS MORTOS FICAVAM

        VEJAM

        Subirei sobre as nuvens mais altas e me tornarei igual ao Altíssimo. 15. E, entretanto, eis que foste precipitado à morada dos mortos, ao mais profundo abismo” (Isaias capítulo 14)

        VEJAM MAIS REFERÊNCIAS

        Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno, e os entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo;

        2 Pedro 2:4

        AGORA VEJAM NESSA OUTRA PASSAGEM MAIS UMA COMPROVAÇÃO DE QUE A MORADA DOS MORTOS NÃO É SIMBOLO

        MAIS POSSUI REALIDADE REAL

        VEJA

        A morte e a morada subterrânea foram lançadas no tanque de fogo.

        Porque se Deus não poupou a anjos quando pecaram, mas lançou-os no inferno, e os entregou aos abismos da escuridão, reservando-os para o juízo;2 Pedro 2:4

        AGORA VEJA ESSA OUTRA PASSAGEM

        Fil. 02:10 – todo joelho se dobrará a Jesus, no céu, na terra, e “debaixo da terra” que é o reino dos justos mortos, ou o purgatório.

        IRMÃOS E IRMAS TODO JOELHO SE DOBRA AO NOME DE JESUS AGORA

        SE A MORADA DOS MORTOS FOSSE SIMBOLO SERIA APENAS TODO JOELHO SE DOBRE

        AO NOME DE JESUS NO CÉU NA TERRA E NO INFERNO

        E NÃO NA MORADA DOS MORTOS POIS A MORADA DOS MORTOS É SÓ UM SIMBOLO

        CLARO QUE NÃO A MORADA DOS MORTOS EXISTE CLARAMENTE E A BÍBLIA AFIRMA ESSA EXISTÊNCIA

        Irmão e irmãs católicas agora raciocinem com lógica

        E me diz seria jogado algo que não existe dentro do fogo?

        O ENGRAÇADO É QUE AINDA EXISTEM TANTAS SEITAS PROTESTANTES

        QUE CONTESTAM DESCARADAMENTE OU INOCENTEMENTO O PURGATÓRIO ISSO É UMA PIADA

        VEJA MAIS UMA PROVA INCONTESTÁVEL

        “E todo o que disser alguma palavra contra o Filho do Homem, lhe será perdoado; porém, o que a disser contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro.” (S. Mateus, XII, 32).

        Nesse versículo Jesus supõe a possibilidade de haver um perdão na outra vida.

        E MAIS ESSA PASSAGEM TEM BASE E SUSTENTAÇÕES POIS NÃO É UM FATO ISOLADO

        Exemplo disso foi Jesus ter descido na prisão onde muitos espíritos estavam presos por desobediência a Noé

        VEJA

        “Pois também Cristo morreu uma vez pelos nossos pecados(…) padeceu a morte em sua carne, mas foi vivificado quanto ao espírito.

        É neste mesmo espírito que ele foi pregar aos espíritos que eram detidos na prisão,

        Aqueles que outrora, nos dias de Noé, tinham sido rebeldes (…) Por isto foi o Evangelho pregado também aos mortos; para que, embora sejam condenados em sua humanidade de carne, vivam segundo Deus quanto ao espírito.” ( I Pe 3, 18-19 ; 4, 6 )

        EU FICO IMAGINANDO A BÍBLIA FALA DA EXISTÊNCIA DO CÉU INFERNO PARAISO MORADA DOS MORTOS SEIO DE ABRÃO ABISMO PROFUNDOS E DE UMA PRISÃO

        AÍ EU ME PERGUNTO POR QUE AINDA AS SEITAS PROTESTANTES QUEREM CONTESTAR

        ISSO É RIDÍCULO

        AGORA AQUI NESSE OUTRO VERSÍCULO VEJA MAIS UMA GRANDE PROVA DE EXISTIR PECADOS LEVES E PECADOS GRANDES E SUAS CONSEQUÊNCIAS

        POIS JESUS MORREU NA CRUZ PELA DESOBEDIÊNCIA DE ADÃO E EVA

        E NOS RECONCILIOU COM DEUS

        MAIS SE CONTINUARMOS A PECAR TEREMOS UMA GRANDE DIVIDA CASO NÃO ARREPENDEMOS DE CORPO E ALMA

        VEJA

        (Hebreus 6: 4-6)

        “Porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro, e recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.”

        IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICOS TEMOS QUE TOMAR MUITO CUIDADO COM NOSSAS ATITUDES

        POIS NÃO PODEMOS TENTAR JAMAIS A BONDADE E MISERICORDIA DE DEUS

        POR QUE TODOS OS PECADOS POSSUEM AS SUAS CONSEQUÊNCIAS

        AGORA NESSA PASSAGEM QUE EU VOU MOSTRAR

        JESUS DIZENDO CLARAMENTE EM PARABÓLAS

        A EXISTENCIA DO PURGATÓRIO

        OU SE VC PREFERIR A ESPIAÇÃO PELO PECADO NÃO ARREPENDIDO

        VEJA

        O senhor se irritou e mandou entregar aquele servo aos carrascos, ATÉ QUE PAGASSE toda a sua dívida.

        É ASSIM que o meu Pai que está nos céus FARÁ convosco, se cada um não perdoar de coração ao seu irmão.” Mateus 18: 34-35

        Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto ele caminha contigo para o tribunal.

        Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão.

        Em verdade, te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo. Mateus 5:25-26

        IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICAS

        Aqui em ambas passagens vemos uma referência implícita ao lugar de expiação o qual a Igreja chama Purgatório.

        Enquanto estamos à caminho do tribunal, uma alusão ao julgamento individual depois da morte, somos obrigados a nos reconciliar, pois adversário ( Satanás, o acusador) nos condenará diante do Juiz (Cristo Nosso Senhor)

        Que por sua vez nos fará justiça, e seremos jogados na prisão (purgatório), até que nossas dívidas (cada pecado cometido e não expiado) sejam pagas.

        Essas passagens são referências ao purgatório e não ao inferno, como alguns alegam,

        Pois afirmam que uma vez que as dívidas são pagas, o devedor ( pecador) sairá da prisão.

        Como sabemos, uma vez condenado, ninguém sai do inferno.

        Enquanto as almas do purgatório, uma vez purificadas, ascendem ao céu.

        NESSE VERSÍCULO

        Nosso Senhor se refere à vida futura.

        Vou da um exemplo

        VOCÊ PODERIA ATÉ ODIAR SEU IRMÃO OU SEJA QUEM FOR

        QUE VOCÊ NUNCA IRIA SER PRESO POR ISSO AQUI NA TERRA

        A NÃO SER QUE VOCÊ O MATE OU TENTE O AGREDIR

        CASO CONTRÁRIO SEJA QUAL FOR ESSE SEU ÓDIO

        PELO SEU IRMÃOS SE ELE FICAR SÓ GUARDADO COMO VOCÊ

        VOCÊ NUNCA IRIA SER PRESO POR ISSO

        RESUMINDO O QUE JESUS QUIZ DIZER NESSA PASSAGEM

        É PARA TODOS NÓS IRMÃOS FAZERMOS AS PAZES UM COM OS OUTROS

        E NOS PERDOARMOS MUTUAMENTE

        POIS SE UM DIA CASO CONTRÁRIO

        SE UM IRMÃO MORRER COM ESSE ODIO NO SEU CORAÇÃO

        COM CERTEZA ELE VAI COMPARER DIANTE DO TRIBUNAL ONDE O JUIZ É DEUS

        QUE TI PEDIRÁS CONTA DE TUDO NA SUA VIDA

        E TAMBÉM O POR QUE DO ÓDIO CONTRA O SEU SEMELHANTE

        Irmãos e irmãs católicas saibas que nas Sagradas Escrituras há muitos textos que mostram claramente, que embora nossos pecados possam ser perdoados, Deus ainda impõe-nos a obrigação de sofrer neste mundo duros trabalhos temporais ou no próximo através das chamas da purgação ou expiação que a igreja da o nome de doutrina do purgatório.

        Veja

        O que aconteceu com Adão. Porque ele se arrependeu logo depois de ter cometido o pecado original,

        Deus garantiu a ele que o havia perdoado, mas ainda assim

        Ele o condenou a passar nove séculos sobre esta terra fazendo penitência.

        Penitências que ultrapassam qualquer coisa que possamos imaginar:…maldita seja a terra por tua causa.

        Tirarás dela com trabalhos penosos o teu sustento todos os dias de sua vida.

        Ela te produzirá espinhos e tu comerás a erva da terra.

        Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra de que fostes tirado; porque és pó, e em pó te hás de tornar…(Gênesis 3.17)”

        E MAIS

        Davi ordenou, contrariando a vontade de Deus, que se fizesse o recenseamento de Israel

        Atingido pelo remorso de consciência, ele reconheceu o seu pecado, atirou-se ao chão suplicando ao Senhor que o perdoasse.

        Conseqüentemente, Deus tocado pelo seu arrependimento, o perdoou.

        Mas apesar disso, Ele enviou Gad para dizer a Davi que ele teria que escolher entre 3 tipos de punições que Ele havia preparado para Davi reparar pelo seu pecado:

        A peste,a fome ou a guerra. Davi então respondeu: Ah! Caia eu nas mãos do Senhor, porque imensa é a sua misericórdia; mas que eu não caia nas mãos do homem…(I Crônicas 21).

        Ele escolheu a peste e esta durou apenas 3 dias mas matou 7 mil pessoas de seu povo.

        Se o Senhor não tivesse detido a mão do Anjo que estava estendida sobre Israel, Jerusalém inteira teria ficado despovoada!

        Davi ao ver todo o mal causado pelo seu pecado, implorou a graça de Deus pedindo que Deus punisse apenas ele mesmo, mas que poupasse o seu povo que era inocente.

        IRMÃOS E IRMÃS CATÓLICOS NESSE PEQUENO ESTUDO FICA CLARÍSSIMO

        QUE TODOS OS PECADOS PUSSUEM AS SUAS CONSEQUÊNCIAS

        POR ISSO É CLARO E EXISTENTE BIBLICAMENTE AS PALAVRAS PURGAÇÃO E ESPIAÇÃO NA QUAL A IGREJA CHAMA DE PURGATÓRIO

        Agora para terminar essa aula de apologética veja alguns testemunhos primitivos sobre a Fé recebida dos Apóstolos sobre a consciência dos mortos.

        ?Portanto, supliquemos também nós pelos que se encontram em alguma falha, a fim de que lhe sejam concedias moderação e humildade, e para que cedam, não a nós, e sim à vontade de Deus. Então, quando nos lembrarmos deles com espírito de misericórdia diante de Deus e dos santos, nossa oração produzirá frutos e será perfeita […]? (Primeira Carta de Clemente aos Coríntios, 56. São Clemente, Papa. 90 d.C) (grifos meus).

        PRA QUEM NÃO CONHECE SÃO CLEMENTE FOI O QUARTO PAPA DA IGREJA CATÓLICA NASCIDO NO ANO 30 DA ERA CRISTÃ

        São Clemente foi discípulo pessoal de São Paulo (cf. Fl 4,3) e o terceiro sucessor de São Pedro, no Episcopado da Igreja de Roma. Ora, se para os primeiros cristãos os justos estivessem ?dormindo?, ele não pediria aos fiéis para apresentarem suas orações diante de Deus e dos santos.

        AGORA VEJA OUTRO TESTENHUNHO DE SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA NASCIDO NO ANO 35 DA ERA CRISTÃ

        ?Meus espírito se sacrifica por vós, não somente agora, mas também quando eu chegar a Deus […]? (Carta ao Tralianos, 13. Santo Inácio, Bispo de Antioquia. 107 d.C) (grifos meus).

        Santo Inácio foi discípulo pessoal de Pedro e Paulo. Era também chamado pelos antigos cristãos de Teósforo, que significa “Carregado por Deus”, por ser a criança que Cristo pega no colo em Mc 9,36. Com efeito, se os Apóstolos Pedro e Paulo tivessem ensinado a Inácio que os mortos ?dormem?, ele não acreditaria que os justos estão diante de Deus intercedendo pelos que ainda não completaram o caminho da vida (cf. Ap 6,9-11; Ap 20,4). Mas, ele não só crê, mas ensina que quando chegar ao Céu estará ainda a serviço de Deus pelos que estão aqui na terra.

        “Portanto, eu vos exorto a todos, para que obedeçais à palavra da justiça e sejais constantes em toda a perseverança, que vistes com os próprios olhos, não só nos bem-aventurados Inácio, Zózimo e Rufo, mas ainda em outros que são do vosso meio, no próprio Paulo e nos demais apóstolos. Estejam persuadidos de que nenhum desses correu em vão, mas na fé e na justiça, e que eles estão no lugar que lhes é devido junto ao Senhor, com o qual sofrefram. Eles não amaram este mundo, mas aquele que morreu por nós e que Deus ressuscitou para nós” (Segunda Carta aos Filipenses, 9. São Policarpo, Bispo de Esmirna. 160 d.C) (grifos meus).

        • Muito bom esse estudo irmão. Gostei muito. E Eu creio de toda alma na existência do purgatório, pois se não fosse assim, a grande maioria das pessoas se perderiam eternamente no inferno.
          O movimento que aconpanho chamado “Salvai Almas” localizado em Santa Catarina, eles tem um irmão chamado Cláudio, tem o mesmo carisma que o Padre Pio tinha. Eles tem diversos livros que contam histórias reais de pessoas da Igreja Padecente. As almas, as vezes vem pessoalmente(que segundo o Cláudio, elas conseguem a Divina permissão para isso) para relatar suas atitudes em quanto viviam aqui na terra e pedem orações para sua libertação para a Glória. Grande parte das mensagens que o cláudio recebe são de Jesus, Maria e arcanjo São Miguel. A purificação é algo terrível para algumas pessoas. Cada pessoa tem seu purgatório. Vale a pena encomendar esses livros, irmão, é muito bom. Veja no site: http://www.recadosaarao.com.br. Eu acompanho esses irmãos a um ano e meio, e rezo muito pelas almas nos cemitérios. Em fim, quem não crer na existência do purgatório é um engrato para com Deus.

          Há Histórias de almas de pessoas que eram protestantes no purgatório e pedem orações para elas, pois os irmãos de suas seitas não se lembram dos fiéis mortos.

          É isso. Temos que rezar todos os dias para que as almas do purgatório, as almas da Mansão Pagã( pessoas que não foram batizadas em vida)

          O negócio é sério irmão.

          Muito bom seu estudo. Abração

          • MUITO OBRIGADO PELO CARINHO WILLIAM
            VAMOS JUNTOS COM FORÇA DESMASCARÁ AS SEITAS PROTESTANTES
            COM SUAS FALSAS DOUTRINAS

            AGORA VEJA NESSE ESTUDO WILLIAM

            O REAL SIGNIFICADO DO TERMO (NAQUELE DIA).

            Amigo William olha existe uma imensa dificuldade dentro do protestantismo no entendimento de certos termos teológicos usados nos escritos Bíblicos,pois há aquela falta de espiritualidade dentro do protestantismo além daquela fé baseada em cima de dez versículos isolados retirados de seus contextos originais, como se não bastasse todas essas questões levantadas nesse artigo, nossos amigos protestantes lêem a Bíblia Sagrada se esquecendo da cultura em que ela fora escrita,

            William sendo assim, a leitura Bíblica dentro do protestantismo é feita através dos dicionários de língua portuguesa se utilizando dos termos segundo o que está definido nesse dicionário.

            Esse é o maior erro protestante, pois a Bíblia Sagrada é interpretada através do dicionário teológico, só assim conseguimos entender o real significado dos termos usados pelos Profetas, Jesus Cristo e os Apóstolos.

            Olha Willian nesse artigo eu vou trabalhar em cima do termo (Naquele Dia ou Aquele dia), esse termo é encontrado em vários textos Bíblicos, porém o sentido teológico dele é relacionado ao (Juízo Final com a Segunda vinda de Jesus Cristo), ou seja, na maioria dos textos em que esse termo é empregado o autor está se referindo ao (JUIZO FINAL).

            Entendendo que o termo (Naquele Dia) se refere ao Juízo e a Segunda vinda de Jesus Cristo, conseguimos também interpretar o que Jesus Cristo profetizou nesse texto.

            VEJA

            Mateus 24:
            34. Em verdade vos declaro: “não passará esta geração antes que tudo isto aconteça”.
            35. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão.
            36. Quanto “ÁQUELE DIA” e àquela hora, ninguém o sabe, nem mesmo os

            anjos do céu, mas somente o Pai.
            Esse é o texto chave para uma exata compreensão do Apocalipse, porém pouco compreendido pelos protestantes, o mau entendimento desse texto gera todas as aberrações que vemos hoje em dia dentro da divisão protestante.

            No texto diz que tudo aconteceria naquela geração, menos algo que aconteceria (NAQUELE DIA), sabendo que esse termo (Naquele Dia ou Aquele Dia) se refere ao Juízo Final e a Segunda vinda de Jesus Cristo, fica fácil entender o texto, Jesus diz que todas as tribulações aconteceriam naquela geração menos o Juízo Final, pois o Juízo final só o Pai saberia o dia, ou seja, Jesus Cristo acertou (100%) as suas profecias, pois as tribulações ocorreram naquela geração com a Destruição do Templo e o Juízo só acontecerá quanto o Pai determinar.

            William agora vou colocar outros textos onde o autor se utiliza do mesmo termo se referindo ao Juízo Final e a Segunda vinda de Jesus Cristo.

            Mateus 7:
            22. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não pregamos nós em vosso nome, e não foi em vosso nome que expulsamos os demônios e fizemos muitos milagres?
            23. E, no entanto, eu lhes direi: Nunca vos conheci. Retirai-vos de mim, operários maus!
            Observem que esse texto se refere ao (Juízo Final) quando Jesus Cristo voltará e julgará a humanidade, nesse texto o autor usa o termo (Naquele Dia) para ser referir ao Juízo.

            Lucas 6:
            23. Alegrai-vos naquele dia e exultai, porque grande é o vosso galardão no céu. Era assim que os pais deles tratavam os profetas.
            Nesse outro texto o autor se utiliza do termo (Naquele Dia) para se referir ao galardão que receberemos no céu na volta de Jesus Cristo e seu Juízo.

            I Tessalonicenses 1:
            10. Naquele dia ele virá e será a glória dos seus santos e a admiração de todos os fiéis, e vossa também, porque crestes no testemunho que vos demos.
            O texto de Tessalonicenses é o mais claro possível, São Paulo utiliza o termo (Naquele Dia) para se referi exatamente a Segunda vinda de Jesus Cristo.

            II Timótio 1:
            15. Sabes que todos os da Ásia se apartaram de mim, entre eles Figelo e Hermógenes.
            16. O Senhor conceda sua misericórdia à casa de Onesíforo, que muitas vezes me reconfortou e não se envergonhou das minhas cadeias!
            17. Pelo contrário, quando veio a Roma, procurou-me com solicitude e me encontrou.
            18. O Senhor lhe conceda a graça de obter misericórdia junto do Senhor naquele dia. Sabes melhor que ninguém quantos bons serviços ele prestou em Éfeso.
            São Paulo novamente utiliza o termo (Naquele Dia) para relatar um pedido de misericórdia a Deus no dia do Juízo para seu amigo já falecido.

            II Timotio 4:
            6. Quanto a mim, estou a ponto de ser imolado e o instante da minha libertação se aproxima.
            7. Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.
            8. Resta-me agora receber a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos aqueles que aguardam com amor a sua aparição.

            Bem, já nesse outro texto São Paulo falando do seu martírio diz que receberá a coroa da justiça como recompensa de tudo o que ele fez pelo Reino em seu ministério, porém ele não deixa de relatar que receberá essa coroa (Naquele Dia), ou seja, no Juízo.

            II Pedro 3:
            9. O Senhor não retarda o cumprimento de sua promessa, como alguns pensam, mas usa da paciência para convosco. Não quer que alguém pereça; ao contrário, quer que todos se arrependam.
            10. Entretanto, virá o dia do Senhor como ladrão. Naquele dia os céus passarão com ruído, os elementos abrasados se dissolverão, e será consumida a terra com todas as obras que ela contém.

            11. Uma vez que todas estas coisas se hão de desagregar, considerai qual deve ser a santidade de vossa vida e de vossa piedade,
            Para terminar, eu vou usar o texto de São Pedro, onde ele diz que Jesus Cristo voltará (Naquele Dia) e não retardará a sua promessa, mas qual seria essa promessa? O próprio texto diz:

            II Pedro 3:
            4. Eles dirão: Onde está a promessa de sua vinda? Desde que nossos pais morreram, tudo continua como desde o princípio do mundo.
            São Pedro se referia exatamente a Segunda vinda de Jesus Cristo e seu Juízo, assim fica claro o real significado teológico desse termo (Naquele Dia).

            Resumindo, amigo William quando Jesus Cristo diz em (Mateus 24) que tudo aconteceria naquela geração, ele se referia as Tribulações, fome, peste, guerras etc.

            Porém nos próximos versículos ele diz que (Aquele Dia) ninguém saberá o dia, apenas o Pai, ou seja, as Tribulações aconteceram naquela geração durante a Destruição do Templo menos a Segunda vinda de Jesus Cristo e seu Juízo.

            UM ABRAÇO WILLIAM

          • CORÉ E LUTERO

            Sabendo, é claro, que os Apóstolos não viveriam para sempre, e que Sua Igreja continuaria até “o fim dos tempos” Jesus Cristo tomou providências para passar a autoridade de geração a geração: (Mt 28,20)

            LEIA Números 16: é sobre uma rebelião contra a autoridade de Moisés por parte de Coré e seus seguidores.

            Os Bispos São os sucessores Legítimos dos Apóstolos. Se nós rejeitamos a autoridade deles, então rejeitamos a Cristo.

            Quem tem a autoridade?

            A fim de que haja uma só verdade, é necessário que haja uma só autoridade.

            A Igreja que Jesus Cristo fundou recebeu autoridade

            Você Herege, pode traçar sua Igrejola para trás até Cristo?

            Se não pode, então sua Igrejola não tem autoridade.

            Se sua Igrejola não tem autoridade, então por que você está lá?

            A principal diferença entre a Igreja Católica e as outras “igrejas” é que a Igreja Católica, e somente a Igreja Católica, tem autoridade…

            Moisés fez tudo o que podia para tentar convencer Coré, argumentando que ele estava errado ao fazer isso, e mesmo assim Coré e seus seguidores rejeitaram suas súplicas.

            Leia o desenlace final da rebelião de Coré em Números 16,30-35.

            Não é nada bonito, mas Coré não ouviu a Moisés, que era o homem na terra a quem DEUS tinha escolhido para conduzir Seu povo.

            Agora leia sobre Martinho Lutero e sua rebelião contra a autoridade da Igreja Católica e você verá que a história de Números 16 se repete.

            Agora leia Números 16 novamente, mas desta vez substitua o nome de Coré pelo nome do fundador da sua igrejola e o nome de Moisés pelo nome do Papa.

            Aqueles que não aproveitam nada da história estão fadados a repetir seus erros.

            “Nada há de novo debaixo do sol, e nenhum homem pode dizer: Eis que isso é novo; pois já existia em tempos passados.” (Eclesiastes 1,10).

            Você já leu o Salmo 127,1?

            ”Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a constroem.”

            Agora, Herege, mostre-me o versículo da Bíblia que dá autoridade a alguma criatura humana de fundar outra igreja além da ÚNICA IGREJA que Jesus Cristo fundou…

            Mostre-me o versículo que autoriza alguém a simplesmente erguer uma Bíblia e proclamar: “Esta é a minha autoridade”.

          • Muito bom esse estudo sobre o termo ( Naquele Dia). Realmente, ninguém sabe a Data desse grande e Terrível Dia( (Aquele Dia), porém Deus direciona algumas datas nas sagradas escrituras que servem de parâmetro de tempo para indicar que não estamos muito longe da Segunda Vinda de Jesus Cristo, (como muitos pensam que vai demorar mais de 50 anos, por exemplo). Veja o exemplo de Nínive: Deus deu uma data( 40 dias), e realmente, se o ninivitas não fizessem Jejum e orações, Deus teria destruído em 40 dias mesmo. Como podemos ver na Bíblia, Deus teve “paciência” e prorrogou essa destruição, visto que o povo se arrependeu. Sabemos por dados históricos que Nínive foi destruída anos mais tarde, por que a outra geração não seguiu o mesmo arrependimento dos antepassados . Agora eu te pergunto: Será que as datas nos livros de Daniel, de Apocalipse, juntando com revelações individuais como, Padre Gobby, São malaquias e recados do Aarão não são comparados aos mesmos(40 dias) de Nínive? A história não está se repetindo? Eu creio que seja e que sim, a história está se repetindo. A qualquer momento, diz em nosso catecismo, o Senhor pode voltar. O que segura esse Dia Grandioso é a Misericórdia de Deus para com as pessoas que podem vir a se arrepender ainda( completar o número dos escolhidos. E nada me faz contrariar que nesse último dia 21/12/2012( que é uma profecia pagã, dos maias) Deus usou dessa informação para alertar a Humanidade que a Vinda de Jesus está mais próxima do que imaginamos. E fora outras datas de fim de mundo desde 1850( através dos adventistas), outras tantas que tivemos que não se cumpriram. Deus tira de um mal um benefício maior ainda. Essas pessoas erraram em definir uma data para o Grande Dia, porém esses erros servem de alerta de que uma hora a coisa vai acontecer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.