Mensagem de Natal de 1998

0

A Frente Universitária Lepanto deseja à todos os seus visitantes, um Santo Natal. 

“O primeiro dia de Cristo na terra foi desde logo o primeiro dia de uma era histórica. Quem o haveria de dizer?

Não há ser humano mais débil do que uma criança. Não há habitação mais pobre do que uma gruta. Não há berço mais rudimentar do que uma mangedoura.

Entretanto, esta Criança, naquela gruta, naquela mangedoura, haveria de transformar o curso da História.

E que transformação! A mais difícil de todas, pois que se tratava, não de acelerar o curso das coisas no rumo em que seguiam, mas de orientar os homens no caminho mais avesso a suas inclinações: a via  da austeridade, do sacrifício, da Cruz.

Infelizmente, pecamos. Imensas são as dificuldades que se nos deparam para voltar atrás, para subir. Nossos crimes e nossas infidelidades atraíram merecidamente sobre nós a cólera de Deus.

Mas, junto ao presépio, temos a Medianeira clementíssima, que não é juiz mas advogada, que tem em relação a nós toda a compaixão, toda a ternura, toda a indulgência da mais perfeita das mães.

Olhos postos em Maria, unidos a Ela e por meio d’Ela, peçamos neste Natal a graça única, que realmente importa: o Reino de Deus em nós e em torno de nós.  E todo o resto nos será dado por acréscimo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.