Carta Aberta ao público brasileiro: Gente decente não assiste Babilônia

2

 

babilônia_novela-620x171

Você já ouviu a expressão: “preferia ser cego a ter visto isso”?

Foi exatamente essa expressão que passou pela cabeça de uma multidão de brasileiros ao ver a grotesca, nefanda e repulsiva novela “Babilônia” adentrando os lares de milhares de brasileiros nas últimas semanas.

A nova trama das 21h (horário em que muitas crianças ainda estão acordadas) veio reafirmar o que todo mundo já sabia: as telenovelas querem destruir as famílias.

Contando com um um extenso arsenal de imoralidades como traições, prática explícita de comportamentos doentios e pecaminosos como a fornicação e o aborto, sem contar nas cenas de nudez e o comportamento desvirtuado de praticamente todos os personagens, Babilônia é a produção perfeita para acabar com o conceito cristão de família.

É… Eles querem mesmo transformar a nossa sociedade em uma verdadeira “Babilônia”.

Porque grande parte da audiência deste lixo televisivo é jovem, em grande número é até infantil. Alguém que dissesse que “a novela não vai influenciar ninguém” teria de ser muito inocente mesmo.

Esta novela, como tantas outras antes dela, tem o terrível poder de “fazer a cabeça” das pessoas.

Agora pense: e se seu filho, seu sobrinho, seu primo fosse influenciado? Ou, se fosse induzido por um(a) colega que tenha sido influenciado por este rio de imoralidades?

Neste sentimento nacional de repulsa, a Associação Devotos de Fátima escreveu uma Carta de Repúdio cujo objetivo é aniquilar com a audiência desta novela chamada “Babilônia”.

Você só precisa clicar em “recomendar” e depois pode compartilhar no seu mural do facebook.

Compartilhe e comente com seus amigos.

Quanto mais pessoas aderirem, mais mostraremos às emissoras de TV que o Brasil não é a Babilônia que convêm à elas.

novela_babilonia

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu acho que não devemos comprar briga com a globo como fazem os protestantes.Assiste a novela
    quem quer! quanto mais atiçarmos briga com a globo,mais eles vão pegar no pé dos católicos.
    Deixe que eles se virem com as críticas dos protestantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here