Halloween: data preferida para profanações satanistas na França

0
Tumulos-profanados-em-Havre-Franca-300x165
Túmulos profanados na cidade de Havre, França

A festa do Halloween tem significados e efeitos satânicos, na França pelo menos.

Os profanadores de túmulos e lugares sagrados preferem essa data e as da fundação da Igreja de Satanás nos EUA, do Ano novo satanista, do aniversário de Adolf Hitler e dos solstícios e equinócios (festas neo-pagãs comemoradas pela Nova Era), para seus crimes.

Os jovens são os mais seduzidos para esses crimes iniciáticos. Em geral, 50% desses atentados satanistas acontecem no weekend, praticados por minores de idade.

O resultado é que cada dois dias acontece uma grave profanação de símbolos públicos católicos na França, denunciou o diário parisiense “Le Figaro”.

Cruzes derrubadas e sujadas com símbolos nazistas num santuário dedicado à Nossa Senhora em Saint-Loup (Jura), túmulos e capela do cemitério de Hénin-Beaumont (Pas-de-Calais) vandalizados, estátuas arrancadas na igreja de Saint-Géry em Valenciennes (Norte), candelabros escangalhados e Via Crucis do século XIII incendiado em Saint-Pierre de Pouan-les-Vallées (Aube), são alguns dos mais recentes exemplos.

Desde 2005 um local sagrado católico é profanado cada dois dias em quase todo o território nacional. Em 2009 houve 184 desses ataques sacrílegos na França, apenas 19 a mais que em 2008.

Em 18 de julho deste ano, os vândalos conceberam um mórbido “rodeio” na nave da igreja medieval de Échillais, perto de La Rochelle, onde eles deitaram um crucifixo do século XVII no centro e que acabou desfigurado.

Após que em junho de 2005 um grupo de homossexuais encenou uma paródia de casamento na catedral Notre Dame de Paris, fundou-se o comitê Indignations que visa precisamente denunciar esta onda de anti-cristianismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here