IPCO e outras associações protestam em frente ao teatro contra a peça “Jesus Cristo Superstar”

3
Protesto do IPCO contra peça blásfema
Protesto do IPCO contra peça blasfema

No dia 14 de março de 2014, 40 pessoas representando as associações Devotos de Fátima, Sagrado Coração de Jesus, Brasil pela Vida e o Instituto Plinio Corrêa de Oliveira (IPCO) se uniram em frente do teatro do Instituto Tomie Ohtake onde foi estreada a peça blasfema e irreverente “Jesus Cristo Superstar”.

Campanha contra a peça " Jesus Cristo Superstar"
Campanha contra a peça ” Jesus Cristo Superstar”

Com a intenção de prestar um ato de reparação a Nosso Senhor Jesus Cristo, a manifestação pacífica começou às 19h30 com o canto do Credo e continuou com a recitação do terço até as 21hs. Duas horas antes do protesto diante do teatro, membros do IPCO fizeram uma campanha de distribuição de folhetos na avenida Faria Lima.

A petição online do site Defendo Jesus já obteve quase 39 mil assinaturas contra a realização da peça e o financiamento público cedido de forma indireta pelo Ministério da Cultura.

As manifestações ocorrerão na frente do teatro todos os dias em que houver a peça.

Confira as reportagens sobre esta manifestação na Folha de São Paulo e no Estado de São Paulo, apenas retificando que em momento algum os manifestantes tentaram impedir a entrada de pessoas no teatro, como informa erroneamente a redação do OESP.

Folha de São Paulo: Grupos católicos protestam na estreia do musical ‘Jesus Cristo Superstar’

Estado de São Paulo: Católicos protestam contra musical sobre Cristo

3 COMENTÁRIOS

  1. Obrigada por esta manifestação. Gostaria de saber a respeito da petição encaminhada contra esta blasfêmia a “infeliz” Marta Suplicy (ela não me representa). Por favor gostaria de saber se houve alguma resposta a respeito.
    Obrigada mais uma vez.
    Sonia.

  2. Uma peça blasfema desta ainda é apoiada pelo Estado… Onde estamos??? Numa verdadeira perseguição religiosa! Parabéns ao Instituto Plinio Correa de Oliveira pela mobilização, que deveria ser maior ainda nas ruas deste país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here