Um belíssimo conto de Natal, parte da Campanha: o natal não morreu!"Havia, numa cidade, três pequenas árvores que sonhavam o que seriam depois de grandes. A primeira, olhando as estrelas, disse: - Eu quero ser o baú mais precioso do mundo, cheio de tesouros. Para tal, até me disponho a ser...
24 de dezembro de 1914, primeiro ano da Primeira Guerra Mundial... No front, a batalha é intensa e entra pela noite manifestando a bravura dos soldados nas trincheiras de ambos os lados. Inesperadamente, as fileiras alemãs param de atirar! Os contingentes franceses, surpresos, também fazem o mesmo e o silencio desce sobre...
Um dia, Alfredo acordou em uma véspera de Natal, muito contente, pois uma data muito importante estava para chegar.Era o dia do aniversário do menino Jesus, e é lógico, o dia em que o Papai Noel vinha visitá-lo todos os anos. Com seus cinco aninhos, esperava ansiosamente o cair da...
A Frente Universitária Lepanto deseja à todos os seus visitantes, um Santo Natal.  "O primeiro dia de Cristo na terra foi desde logo o primeiro dia de uma era histórica. Quem o haveria de dizer? Não há ser humano mais débil do que uma criança. Não há habitação mais pobre do que...
A Frente Universitária Lepanto deseja à todos os seus visitantes, um Santo Natal e um Ano Novo repleto de realizações. “Lux in tenebris lucet" (S. João 1,5): foi com estas palavras que o Discípulo amado anunciou, para seu tempo e para os séculos vindouros, o grande acontecimento que celebramos neste mês. Fórmula sintética, sem...
Conta-se que, quando os pastores foram adorar o Divino Infante, decidiram levar-lhe frutos e flores produzidos pelas árvores de modo prodigioso. Depois dessa colheita, houve uma conversa entre as plantas, num bosque. Regozijavam-se elas de ter podido oferecer algo a seu Criador recém-nascido: uma, suas tâmaras; outra, suas nozes; uma...
Artigo do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira no periódico Legionário, em dezembro de 1946. Aproxima-se mais uma vez, Senhor, a festa de Vosso Santo Natal. Mais uma vez, a Cristandade se apresta a Vós venerar na manjedoura de Belém, sob a cintilação da estrela, ou sob a luz mais clara...